Até agora assistimos a uma novela em relação ao treinador do FC Porto, mas parece que já foi escolhido o novo treinador do FC Porto. José Peseiro é o escolhido: é português e já conta com uma vasta experiência, quer em Portugal quer no estrangeiro. Além disso já treinou um dos três grandes, o Sporting, que é o actual líder, e conseguiu pelo clube uma histórica final europeia. É conhecido por ser o treinador do "quase", muito por culpa da sua passagem pelo Sporting, onde esteve perto de ganhar dois importantes títulos, mas acabou por não ganhar nada.

José Peseiro começou a carreira de treinador no U. Santarém de divisões inferiores, seguiu para o U. Montemor em 1994/95, onde esteve dois anos. Seguiram-se três épocas no Oriental, quatro no Nacional e uma como adjunto no Real Madrid. Em 2004/05 foi para o Sporting, onde foi finalista vencido da Liga Europa e conseguiu o 3º lugar no campeonato. Acabou por sair do clube no decorrer da época seguinte devido aos resultados negativos (apenas 5 vitórias em 11 jogos).

Em Alvalade, na última semana ainda estava na luta pelo título nacional e pela conquista da Liga Europa, mas não ganhou nenhum desses dois títulos. Seguiu-se uma experiência na Arábia Saudita, no Al Hilal. Em 2007/08 por pouco não foi campeão da Grécia pelo Panathinaikos, mas entrou em decadência ao treinar o Rapid Bucareste e a Arábia Saudita nas épocas seguintes. Voltou a um grande clube em 2012/13 pelo SC Braga, onde ganhou a Taça da Liga e terminou em 4º no campeonato português. Passou as duas épocas seguintes no Al Wahda, mas não convenceu e seguiu esta época para o Al-Ahly sem sucesso, acabando agora por sair do clube.

A situação com Lopetegui continua por resolver-se; o treinador exige os prémios pelas competições que o clube ainda pode conquistar, mas o FC Porto só está disposto a pagar o dinheiro restante até acabar o contrato. Assim, fica resolvida a sucessão de Lopetegui, restando apenas resolver a rescisão com o espanhol para que ele abandone o FC Porto e José Peseiro assuma o cargo. Rui Barros ainda deverá estar no banco amanhã, quarta-feira, frente ao Famalicão, mas José Peseiro já deverá sentar-se no banco no próximo jogo do campeonato frente ao Marítimo, no Estádio do Dragão. José Peseiro deverá assinar por um ano e meio, mas poderá ter algumas exigências como a conquista do campeonato para que continue por mais um ano além deste meio ano que resta para terminar a temporada. #F.C.Porto #Primeira Liga Portuguesa