A notícia foi revelada hoje pelo programa Mais Transferências da TVI. O FC Porto procura o substituto ideal para Julen Lopetegui. Poderão ser 5 os nomes (todos portugueses) que estão a ser analisados pela direção dos azuis e brancos. Saiba aqui quem são. 

André Vilas Boas deve ser a prioridade. O técnico orientou o FC Porto apenas uma época, conquistando vários títulos. Foi a última temporada de um grande FC Porto. Deixou o clube após referir várias vezes que estava no clube do seu coração, o que não caiu bem aos adeptos nem, aparentemente, a Pinto da Costa. No entanto, o tempo permitiu apagar os mal entendidos e o regresso do portuense é muito bem visto. Contudo, existe um grande obstáculo para um possível regresso imediato: o facto de ter contrato com os russos do Zenit até ao fim da temporada. O treinador, em entrevistas relativamente recentes, tinha admitido que acredita que um dia regresse ao Dragão, podendo ou não chegar como técnico.

Marco Silva é um sonho antigo de Pinto da Costa. O jovem treinador esteve já algumas vezes para rumar ao Dragão e é uma vez mais uma possibilidade, embora também não seja muito provável que ingresse no FC Porto para já. O treinador está a fazer uma época extraordinária no Olympiacos, somando só vitórias no campeonato grego, e seguramente quer festejar o título no final da época. A direção do clube grego está obviamente agradada com o seu trabalho e por isso também não verá interesse em desfazer-se do português. O seu contrato é valido até 2017. 

Leonardo Jardim, atual treinador do Mónaco, também já esteve nos planos do FC Porto no passado. O seu eventual ingresso agora, dependeria também do próprio Mónaco. No entanto, o madeirense parece estar desagradado com algumas opções tomadas pela direção do seu clube, mostrando-se assim disponível para abandonar o projeto. Pela primeira vez na sua carreira, está num clube por mais do que uma temporada. Após passagem pelo Sporting, rumou ao Mónaco para levar o clube aos títulos... mas recebeu uma triste prenda: quase todos os craques estavam de saída! O treinador não conseguiu assim chegar aos troféus, mas tem apostado com sucesso em vários jovens (contratando Bernardo Silva ao Benfica, que é agora um dos grandes jogadores da sua equipa).  

Sérgio Conceição representou o FC Porto, entre outros clubes, enquanto jogador e é por isso conhecedor da cultura daquele clube. Atualmente representa o Vitória de Guimarães. Chegou com a época a decorrer, com um cenário muito complicado para os vitorianos, mas com o tempo conseguiu dar a volta. Antes desta experiência, é também de recordar que tem passagens positivas pelo Braga, pela Académica e até pelo Olhanense. De acordo com o comentador Rui Pedro Braz, do Mais Transferências da TVI 24, se o Porto decidir contratar um treinador, Sérgio Conceição, que tem contrato com os vimaranenses até ao fim desta temporada,  é o homem mais indicado para pegar no clube neste momento. 

No entanto,  Rui Pedro Braz considera que a melhor opção de todas é, neste momento,  Luís Castro, atual treinador da FC Porto B. O técnico está a fazer com que a equipa B esteja a jogar um excelente futebol e seja líder da II Liga. Se for promovido à equipa A, será um regresso pois já tinha estado nessa situação em 2014, após a demissão de Paulo Fonseca. Na altura, os números não foram brilhantes, tendo conseguido apenas 9 vitórias em 16 jogos, mas também é verdade que o plantel deixava muito a desejar. Agora terá condições para implementar as suas ideias num plantel de qualidade e  poderá também apostar em talentos que não têm tido oportunidades até agora. #F.C.Porto #Primeira Liga Portuguesa