Rui Barros conseguiu dar motivação à equipa para o jogo contra o Boavista, que o FC Porto ganhou, no Bessa, e pode mesmo ser opção até final da temporada. Essa hipótese não é descartada, apesar de difícil, Porém, caso o FC Porto não consiga encontrar um novo treinador, Rui Barros poderá mesmo superar Luís Castro nas opções. Está há 10 anos na equipa principal do FC Porto e já foi quer adjunto quer observador. Apesar do seu conhecimento acerca do FC Porto e do facto de já conhecer os jogadores da equipa e saber os erros que foram cometidos por Lopetegui, mais do que ninguém, em princípio não será para ficar até final da temporada.

E aí surge um nome, Sérgio Conceição, mas sabemos que esta não era a primeira opção, nem mesmo das primeiras. #Pinto da Costa pretendia e ainda pretende André Villas-Boas para treinador, sendo que Marco Silva e Leonardo Jardim são também treinadores muito bem cotados no reino do Dragão. Apesar disso, contratar qualquer um deles adivinha-se muito complicado. Villas-Boas, que é o preferido da direcção e dos adeptos, tem contrato com o Zenit e o clube não está disposto a libertá-lo neste momento.

Também Marco Silva e Leonardo Jardim têm contrato em vigor com os seus respectivos clubes, além de o FC Porto ter que pagar uma quantia ao Sporting por estes dois treinadores, já que quando saíram do Sporting, por onde passaram, ficou concordado no contrato que se FC Porto, Benfica ou SC Braga tentassem contratar um destes dois treinadores, teriam que pagar ao Sporting. Apesar do Olympiakos estar disposto a negociar a saída de Marco Silva e das más relações entre a direcção do Mónaco e Leonardo Jardim, quer Marco Silva quer Leonardo Jardim estão empenhados nos seus clubes e não pretendem sair nesta altura. Mas estamos abertos a surpresas!

Tudo é possível nesta altura, mas a contratação de Sérgio Conceição adivinha-se mais fácil. Rui Faria, adjunto de Mourinho, também é apontado mas sabe-se que ele não está disposto a abandonar a equipa técnica de Mourinho só para treinar seis meses. Porém, a decisão sobre o treinador não é consensual.

Uma coisa é certa, não poderemos descartar a hipótese de Villas-Boas regressar ao Dragão, pois essa ainda é a hipótese mais desejada, apesar de ser a mais difícil. Sérgio Conceição acaba neste momento por ser a opção mais forte, mas só quando o FC Porto acertar os termos de rescisão com Lopetegui é que poderá anunciar o novo treinador. Esta semana será decisiva para os dragões. Espera-se que até ao fim-de-semana se saiba o nome do novo treinador. Mourinho, Villas-Boas, Leonardo Jardim e Marco Silva são alguns dos principais desejos, mas são difíceis nesta altura. Sérgio Conceição, Rui Barros e Rui Faria são opções mais reais, com Jesualdo Ferreira e Nuno Espírito Santo, apesar de um pouco esquecidos, a continuarem a ser opções válidas. #F.C.Porto #Primeira Liga Portuguesa