Se ainda tinha dúvidas, agora é possível confirmar que dificilmente não será Sérgio Conceição o próximo treinador do FC Porto. A imprensa desta quinta-Feira avança que Sérgio Conceição está muito perto do FC Porto e poderá ser oficializado ainda antes do jogo contra o V. Guimarães, onde a equipa ainda será comandada por Rui Barros. É expectável a oficialização este fim-de-semana e as hipóteses de Villas-Boas e Marco Silva são neste momento apenas um sonho. Eles eram e ainda são os grandes desejos da direcção Portista, mas Sérgio Conceição é considerado como mais fácil e por isso uma boa solução até final da época. Mas é aqui que surgem alguns problemas, que podem estar a atrasar a sua oficialização, além de Lopetegui ainda não ter oficialmente saído do FC Porto.

Sérgio Conceição quer treinar o FC Porto por 2 anos e meio, e não apenas até final da época como pretende o FC Porto. Isso acaba por complicar as coisas; sabe-se que Villas-Boas e o FC Porto já têm uma espécie de pré-acordo para que ele retorne à equipa onde foi mais feliz, mas Sérgio Conceição não quer ficar apenas 6 meses. Espera-se que o acordo seja de apenas 6 meses, mas que seja renovado caso sejam atingidos certos objectivos. Ganhar o campeonato deverá ser uma prioridade para o próximo treinador, mas ganhar a Taça de Portugal também poderá estar dentro dos objectivos estabelecidos pela direcção. Para a Liga Europa, a direcção deverá estar à espera de uma boa campanha onde a equipa consiga chegar pelo menos aos quartos-de-final.

Sérgio Conceição, enquanto jogador, jogou pelo FC Porto, onde passou três épocas;, curiosamente, chegou a ser treinado por José Mourinho na época 2003/04 tendo feito 12 jogos e marcado 1 golo. Foram, no total 89, jogos de Dragão ao peito com um registo de 11 golos marcados. Começou a carreira de treinador principal no Olhanense, na época 2011/12, depois de ter passado pelo Standard de Liège como treinador adjunto. Levou a equipa ao 8º lugar da Liga Portuguesa e aos quartos-de-final da Taça, acabou por sair do clube a meio da época seguinte, seguindo para a Académica onde continuou no ano a seguir. Na "Briosa" conseguiu um registo igual ao que tinha conseguido como treinador do Olhanense e na última época treinou o SC Braga. Pelo SC Braga quase conquistou a Taça de Portugal e terminou num positivo 4º lugar no campeonato, acabaria por sair no final da época devido a divergências com a direcção. Chegou ao V. Guimarães à 5º jornada do campeonato, estreando-se com uma derrota, mas acabou por dar a volta e ocupar o seu "querido" 8º lugar.

O facto de ser português e de já ter passado pelo FC Porto terão motivado a decisão do FC Porto em avançar para a sua contratação. A notícia de que Sérgio Conceição e o FC Porto estão perto de um acordo surge pouco antes de o FC Porto ir a Guimarães defrontar a actual equipa de Conceição, o poderá desestabilizar a equipa vimaranense. O FC Porto vem de uma série de 2 vitórias consecutivas, ambas contra o Boavista, com Rui Barros no comando. Nestes dois jogos com um treinador interino, o FC Porto marcou 6 golos e não sofreu nenhum, tendo mostrado um futebol mais vertical e veloz do que o apresentado por Lopetegui. A equipa do Vitória já estará à procura de um novo treinador sendo, neste momento, Lito Vidigal o favorito para ocupar a vaga que será deixada por Sérgio Conceição. #F.C.Porto #Primeira Liga Portuguesa