Depois do jogo de ontem (Sábado, 27) em que o #Real Madrid perdeu frente ao Atlético de Madrid, Cristiano Ronaldo deixou declarações, no mínimo, estranhas. Terá dito o jogador que, se os seus restantes colegas estivessem todos ao seu nível, o rendimento da equipa seria melhor. Todavia, o jogador já veio a público tentar remediar aquilo que disse depois do jogo. Com esta derrota, o Real fica cada vez mais longe de conseguir conquistar o campeonato espanhol.

A atravessar uma época menos positiva, o Real Madrid voltou a perder no último jogo, disputado neste sábado, por uma bola a zero. Com esta derrota, as aspirações ao título espanhol quase que caem por terra, uma vez que a equipa do internacional português está agora a nove pontos do rival Messi. Mas, o que mais surpreendeu neste jogo ente o Real e o Atlético foram mesmo as declarações de #Cristiano Ronaldo.

Em conversa com os jornalistas, o avançado terá dito que “se todos estivessem ao meu nível, estaríamos em primeiro”, conforme escreve o jornal Público. Na sua intervenção prosseguiu ainda dizendo que “aborrece-me que digam que baixei de rendimento e que, por isso, a equipa baixou de rendimento”, escreve ainda a mesma publicação.

Ora, em Espanha, as declarações não caíram muito bem entre os apoiantes do Real e, rapidamente, Cristiano Ronaldo veio novamente a público defender-se. Através do jornal desportivo Marca, Cristiano explica que “quando disse isso referia-me ao nível físico, não de jogo. Não sou melhor do que nenhum dos meus colegas”, cita o jornal Público. Na sua explicação Cristiano falou ainda das lesões que estão a afectar o plantel do Real Madrid, obrigando a deixar de fora alguns bons jogadores em jogos importantes.

O Atlético de Madrid, depois de esta vitória, reforça assim o segundo lugar na tabela, ficando apenas a cinco pontos do líder Barcelona, que defronta hoje (Domingo, 28), o Sevilha.

Quanto à Liga dos Campeões o Real Madrid irá defrontar logo no início de Março a Roma, numa partida a contar para os oitavos de final.