O FC Porto está a mexer com o mercado neste último dia de transferências. Mas, ao contrário do que os adeptos estariam à espera, é uma saída que promete fazer as manchetes dos desportivos. Gianelli Imbula deixa o FC Porto a meio da época, numa transferência para o Stoke City, por valores anunciados de 24 milhões de euros por 85% do passe, ficando os restantes 15% com o FC Porto. De chegadas, o médio ofensivo Haykeul Chikhaoui e o defesa central Erik Palmer-Brown estarão quase garantidos, dois jovens que deverão adaptar-se na equipa B do clube. 

A cinco pontos do líder Sporting e a três do Benfica, os adeptos do FC Porto estariam à espera de mais neste #Mercado de Transferências. A poucas horas do fecho, as novidades tardam em aparecer. Após a chegada de José Peseiro, os "dragões" apenas garantiram o guarda-redes José Sá e o avançado Marega, ambos provenientes do Marítimo, que se juntaram ao avançado sul-coreano Suk, que chegou do Vitória de Setúbal, ainda com Julen Lopetegui no comando da equipa. 

O FC Porto teria optado por uma estratégia de incluir jogadores já adaptados ao futebol português e bem cientes do actual enquadramento do campeonato. No entanto, os adeptos estariam à espera de mais, para colmatarem as diferenças para o topo da classificação, deixando a equipa com mais possibilidades de lutar pelo título de campeão nacional. José Peseiro referiu, após a sua segunda vitória no campeonato, que a equipa está a trabalhar bem e que tem "muitos jogadores", dando a entender que não estaria à espera de mais reforços.

Para os adeptos, a equipa está carente de um "patrão" na defesa e Bruno Alves parece ser o preferido. O antigo capitão azul e branco foi sondado nos últimos dias como possível reforço e os adeptos não esconderam que o internacional português seria uma boa solução. Um avançado ou um médio mais criativo são outros dos "pedidos" nas redes sociais. Até agora, o FC Porto estaria prestes a garantir dois jovens: o tunisino de 19 anos Haykeul Chikhaoui, que chega do Sochaux e está referenciado como um médio ofensivo muito talentoso, e ainda o defesa central de 18 anos Erik Palmer-Brown, um norte-americano que chega da MLS. 

Os dois jogadores deverão reforçar a equipa B, com Luís Castro, mas serão certamente dois jovens muito promissores, a integrar no futuro na equipa principal. 

Garantida está a saída de Imbula. O francês de 23 anos custou 20 milhões de euros no início da época, mas nunca se revelou como indispensável na equipa, sobretudo sendo o jogador mais caro de sempre no plantel dos "dragões". Sai agora para a Premier League, a troco de 24 milhões de euros, por 85% do passe, com a restante percentagem a ficar com o FC Porto, que poderá ir buscar ainda mais dinheiro numa possível venda do jogador francês.  #F.C.Porto #Primeira Liga Portuguesa