O website 'Notícias ao Minuto', na secção 'Desporto ao Minuto', afirma que recebeu um link de um blogue, através de uma fonte, em que é denunciado o homem por detrás do portal mais badalado do momento, o Football Leaks. O blogue aponta para que o hacker supostamente seja Rui Pinto, de nacionalidade portuguesa, 27 anos de idade e que mora em Budapeste, na Hungria. Rui Pinto, segundo a fonte de informação, antes de ter criado o website onde divulgava assuntos confidenciais, extorquia dinheiro juntamente com um advogado, também ele de nacionalidade portuguesa, de seu nome Aníbal Pinto. Em 2013, usando as suas capacidades como hacker, terá entrado dentro do Caledonian Bank, ficando ele mais o seu suposto cúmplice advogado, com verbas que pertenciam ao banco.

Convém relembrar que o principal alvo do Football Leaks sempre foi o #Sporting Clube de Portugal. No site foram divulgadas informações sobre o contrato do treinador Jorge Jesus, em que foi descoberto que auferia cinco milhões e quatro euros anuais e que caso vencesse o campeonato receberia mais 2 milhões extra, ou sobre a contratação de Bruno Paulista, em que o Recreativo Caála serviu de intermediário no negócio.

Outros jogadores foram também visados, sendo que existiram divulgações de contratos referentes a outros clubes mas sempre em número inferior quando comparado com o Sporting. O clube leonino, ainda que nada temesse, pois não tinha nada a esconder, apresentou queixa na Polícia Judiciária na sequência  de afirmações proferidas por comentadores televisivos ligados ao SL #Benfica, como Pedro Guerra ou António Simões, em que estes se referem a certos documentos que mais tarde viriam a estar no website Football Leaks.

Mas nem o Benfica nem o FC Porto escaparam aos ataques. Exemplos disso são o contrato de Ola John ou Mitroglou do Benfica a serem expostos no website e, mais recentemente, o contrato de Carrillo, jogador que ainda pertence ao clube leonino, mas que na próxima época vai jogar no clube da Luz, e ainda os contratos de Danilo do FC Porto e Imbula que há bem pouco tempo foi vendido a um clube inglês, oriundo dos azuis e brancos.

Jorge Mendes, o poderoso agente de jogadores, supostamente terá contratado detectives para localizar o criador do Football Leaks. Uma perseguição que, perante estes dados, parece estar a chegar ao seu fim.

Aguardam-se novos desenvolvimentos. #F.C.Porto