Após o empate a 2 golos que ditou a eliminação do Benfica da Liga dos Campeões, Rui Vitória fez questão de iniciar a conferência de imprensa com "duas notas". O treinador agradeceu aos jogadores, pela forma como encararam a eliminatória e defrontaram o Bayern, e aos adeptos benfiquistas que, segundo o próprio, "foram fantásticos". Contabilizaram-se cerca de 65 mil adeptos no estádio da Luz que, num ambiente fantástico, esperavam uma reviravolta dos encarnados na eliminatória.

Vitória não deixou de elogiar o adversário #Bayern Munique, que considera "uma das melhores equipas do mundo". Embora reconheça o valor e a reputação da equipa alemã, o técnico português mostrou a sua satisfação relativamente à postura da equipa "encarnada" e ao facto de não terem "defraudado ninguém".

Em declarações à imprensa, Rui Vitória referiu o lançe desperdiçado por Raúl Jiménez que levaria ao 2-0 e poderia ter empurrado o #Benfica para as meias-finais. O técnico frisou a importância da materialização de todas as oportunidades de golo "contra uma equipa como o Bayern", lamentando que esta tenha sido desperdiçada.

Embora se tenha confrontado com diversas baixas no plantel, Rui Vitória destacou o lado positivo das opções com que ficou: "Acaba-se este jogo com cinco ou seis jogadores com 18, 19, 20 anos e isso é de realçar.", afirmou. A "jovem" equipa que defrontou a formação bávara na eliminatória foi, na perspectiva de Vitória, pró-activa e determinada.

O líder encarnado realçou também o grande apoio da massa associativa benfiquista, que homenageou a equipa portuguesa no final do jogo. Apesar do "adeus" à competição europeia desta temporada, Rui Vitória apelou à união dos adeptos: "Perceberam que faz sentido estarmos todos juntos. O que quero frisar é que continuemos assim: que continuem a jogar connosco, porque temos muitos objetivos a conquistar".

Do lado do Bayern Munique, Pep Guardiola assumiu as dificuldades encontradas pelos bávaros no jogo contra o Benfica. Ainda que reconheça o valor da equipa "encarnada", o técnico dos alemães assumiu a sua superioridade durante a partida. Porém, manteve-se reservado quanto ao próximo adversário que a equipa alemã poderá defrontar nas meias-finais, assumindo que será "muito duro". #Liga dos Campeões