#José Mourinho deve ser o próximo treinador do Manchester United. Depois de um longo namoro alimentado nos últimos meses, o técnico português pode estar a caminho dos 'red devils' e a imprensa inglesa começa a revelar os pormenores do acordo. Quase 20 milhões de euros deverá ser o salário correspondente a uma época que  a equipa da cidade de Manchester está disposta a entregar a Mourinho.

O interesse do Manchester United em contratar o treinador português surgiu logo após a sua desvinculação do Chelsea, a meio da temporada após sucessivos maus resultados, que colocavam a equipa londrina quase nos últimos lugares da tabela. Rapidamente, Louis Van Gaal, treinador que assumiu o comando dos 'red devils' na época 2014/2015, passou a ser visto como um técnico a prazo. Só não se sabia a data da saída. Foi esta segunda feira, dois dias depois de ter conquistado a Taça de Inglaterra frente ao Crystal Palace e finda a época 2015/2016, que o treinador holandês ficou a saber do seu despedimento.

Posta alguma ordem nesta 'relação', José Mourinho deve ser o senhor que se segue. E, para além do prestígio da equipa, os argumentos salariais são de peso para o treinador português aceitar mudar-se de Londres, onde por duas vezes orientou o Chelsea, para Manchester. De acordo com o jornal britânico 'Daily Mail', o treinador vai receber 75 milhões de libras por um contrato de cinco anos, o que corresponde a mais de 97 milhões de euros. Por época, José Mourinho aufere 19,4 milhões de euros.

Mas os valores para esta contratação não se ficam por aqui. Para não aceitar mais nenhuma das muitas ofertas que chegaram às mãos do treinador português nos últimos meses, após a saída do Chelsea, o Manchester United terá pago um 'prémio' que ronda os quatro milhões de libras, um montante que corresponde a mais de cinco milhões de euros.

Mourinho levará João Mário?

O Daily Mail aponta ainda que Mourinho já terá incluído João Mário, médio do Sporting, na sua lista de contratações para o United.

José Mourinho estreou-se na Liga Inglesa aos comandos do Chelsea, depois de ter conquistado tudo pelo FC Porto. Depois saiu e rumou a Itália, onde foi campeão europeu pelo Inter de Milão, e depois a Espanha, para orientar o Real Madrid, em três épocas de má memória para treinador, jogadores, direção técnica e adeptos. Voltou ao Chelsea, mas a relação terminou mal ao final de duas épocas e meia com fracos resultados. O Manchester United poderá ser a segunda experiência em terras de Sua Majestade.