Resumo do jogo

A Argentina e a Venezuela efetuaram um excelente jogo de futebol, os argentinos foram sempre superiores, mas os venezuelanos com as armas que tinham conseguiram criar problemas para a baliza de Sergio Romero. Lionel Messi foi a grande figura do encontro com um golo marcado aos 60 minutos e três assistências para o bis de Higuaín aos 8 e aos 28 minutos e para Lamela que entrou no decorrer da segunda parte e marcou aos 71 minutos.

A Venezuela fez o seu golo de honra aos 70 minutos por intermédio de Rondón, mas este jogo fica marcado por um penálti falhado por Seijas no final da primeira parte, o jogador venezuelano tentou marcar à Panenka e colocou a bola nas mãos de Romero, que defendeu sem grandes problemas.

A Argentina vai assim defrontar nas meias-finais a equipa da casa, os Estados Unidos da América na madrugada do dia 22 de Junho.

Final da partida. Argentina, 4 – Venezuela, 1

90' - Dois minutos de compensação.

89' - Remate de Agüero para defesa fácil de Hernández.

85' - Substituição na Venezuela. Sai Rincón, entra Velazquéz. A Venezuela esgota as substituições.

80' - Substituição na Argentina. Sai Banega, entra Biglia. A Argentina esgota as substituições.

80' - Substituição na Venezuela. Sai Martínez, entra Del Valle.

77' - Cartão amarelo para Rondón por protestos.

75' - Remate forte de Messi para fora, a bola não passou longe da baliza venezuelana.

74' - Substituição na Argentina. Sai Higuaín, entra Kun Agüero.

72' - Quase que Martínez fazia o 4-2, mas chegou atrasado à bola e esta acabou nas mãos de Romero.

71' - GOLO DA ARGENTINA! Messi assiste Lamela que remata de primeira e aumenta para 4-1

70' - GOLO DA VENEZUELA! Guerra coloca a bola na cabeça de Rondón que reduz o marcador para 3-1.

67' - Substituição na Argentina. Sai Gaitán, entra Lamela.

63' - Cartão amarelo para Figuera por derrube a Messi.

60' - GOLO DA ARGENTINA! Gaitán desmarca Messi que atira a bola por entre as pernas de Hernández.

55' - Fernández quase fazia o 3-0, o cabeceamento saiu ligeiramente ao lado da baliza.

55' - Substituição na Venezuela. Sai Seijas, entra Juanpi.

52' - Cartão amarelo para Ángel por falta sobre Messi.

51' - Martínez tenta o golo, mas o lance não levou qualquer perigo à baliza de Romero.

46' - Grande trabalho individual de Nico Gaitán a isolar-se na grande área venezuelana, o ex-jogador do Benfica preferiu assistir Higuaín que não conseguiu o remate à baliza.

Início da segunda parte. Sai a Argentina com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

Que grande primeira parte teve este jogo, a Argentina entrou forte e dominou o jogo até aos 35 minutos. Os argentinos conseguiram traduzir esse domínio em golos, ambos marcados por Higuaín aos 8 e aos 28 minutos. Nos últimos 10 minutos deste primeiro tempo a Venezuela teve grandes oportunidades para marcar, a última das quais uma grande penalidade que foi desperdiçada infantilmente por Seijas, que bateu um dos piores penáltis à Panenka já alguma vez visto.

Intervalo na partida. Argentina, 2 – Venezuela, 0

44' - Falha a Venezuela! Seijas tentou bater o penálti à Panenka e colocou a bola nas mãos de Romero, defesa fácil do guarda-redes.

42' - Penálti para a Venezuela! Fernández é derrubado por Romero dentro da grande área.

41' - Enorme defesa de Romero! O remate de Feltscher desvia num defesa argentino e Romero voa para a bola e evita que esta entre na baliza.

39' - Ao poste! Na sequência de um canto Vizcarrondo cabeceia a bola em cheio no ferro da baliza de Romero, poderia ter sido o 2-1.

35' - Quase o golo da Venezuela! Mascherano perde a bola em zona proibida, mas Romero efetua uma enorme defesa ao remate de Rondón.

28' - GOLO DA ARGENTINA! Falha da defensiva venezuelana a isolar Higuaín que passa pelo guarda-redes Hernández e marca de baliza aberta. É o segundo golo de Higuaín no jogo.

27' - Cartão amarelo para Gaitán por falta sobre González.

25' - Contra-ataque rápido da Venezuela concluído com um remate de Rondón, que foi bloqueado pela defesa argentina.

24' - Messi remata para as mãos de Hernández na sequência de um livre direto.

23' - Bom passe de Gaitán para Fernández que vê o seu remate ser bloqueado pela defesa da Venezuela.

19' - O jogo entra numa fase mais morna, com a Argentina a controlar a posse de bola.

11' - Falha incrível da defesa venezuelana, mas Messi não aproveita.

8' - GOLO DA ARGENTINA! Messi com um passe de génio para Higuaín que perante Hernández não teve dificuldade em inaugurar o marcador.

5' - Cartão amarelo para Seijas por falta dura sobre Mascherano.

4' - Messi mais uma vez a desequilibrar, a bola passa ligeiramente ao lado da baliza.

2' - Messi cria perigo no ataque, mas a bola acaba nas mãos de Hernández.

00:07 - Início da primeira parte. Sai a Venezuela com a bola.

23:59 - As equipas já estão em campo, vamos já de seguida ouvir os hinos das duas Seleções.

23:40 - Onze inicial e suplentes da Argentina

Onze inicial: Sergio Romero (GR), Gabriel Mercado, Augusto Fernández, Nicolás Otamendi, Ramiro Funes Mori, Marcos Rojo, Javier Mascherano, Nico Gaitán, Ever Banega, Lionel Messi (C) e Gonzalo Higuaín.

Suplentes: Nahuel Guzmán (GR), Mariano Andujar (GR), Jonathan Maidana, Facundo Roncaglia, Matías Kranevitter, Lucas Biglia, Kun Agüero, Victor Cuesta, Erik Lamela, Javier Pastore e Ezequiel Lavezzi.

Selecionador da Argentina: Tata Martino.

23:40 - Onze inicial e suplentes da Venezuela

Onze inicial: Daniel Hernández (GR), Alexander González, Wilker Ángel, Oswaldo Vizcarrondo, Rolf Feltscher, Alejandro Guerra, Tomas Rincón (C), Arquimedes Figuera, Adalberto Peñaranda, Josef Martínez e Salomon Rondón.

Suplentes: Wuilker Fariñez (GR), José Contreras (GR), Mikel Villanueva, Jose Manuel Velazquéz, Yonathan del Valle, Romulo Otero, Juanpi, Luis Manuel Seijas, Carlos Suárez, Roberto Rosales, Christian Santos e Yangel Herrera.

Selecionador do Venezuela: Rafael Dudamel.

12:00 – A Argentina e a Venezuela discutem um lugar nas meias-finais da #Copa América 2016. O palco deste jogo dos quartos-de-final é o Gillette Stadium em Massachusetts.

A Copa América chega à fase a eliminar com os jogos dos quartos-de-final. A Argentina e a Venezuela defrontam-se pela 21.ª vez na história do futebol, a 5.ª vez a contar para jogos da Copa América e a vantagem não poderia estar mais do lado dos argentinos.

Nos anteriores quatro jogos, a Argentina venceu todos, o último dos quais em 1991 por 3-0, o resultado menos volumoso que os argentinos conseguiram frente aos venezuelanos. Nestas quatros vitórias há a destacar o resultado que aconteceu em 1975 com uma vitória argentina por 11-0 numa seleção onde atuava o lendário Mario Kempes.

O vencedor deste jogo já sabe à partida que vai defrontar os Estados Unidos da América nas meias-finais. Os norte-americanos venceram o Equador por 2-1 e garantiram o passaporte para essa fase da competição. A outra equipa que garantiu também o apuramento para as meias-finais foi a Colômbia, que venceu o Peru por 4-2 no desempate por grandes penalidades, no final dos 120 minutos de jogo registava-se um empate 0-0.