Bas Dost, avançado holandês de 27 anos, é o eleito por Jorge Jesus para reforçar o ataque do #Sporting, que perdeu Téo Gutiérrez e Barcos neste mercado. O avançado, que representa atualmente o Wolfsburgo, termina contrato em junho de 2017, o que poderá facilitar o negócio. Depois de nomes como Mario Gómez e Van Persie, Bas Dost é mesmo a preferência, tanto do treinador dos leões como da própria direção liderada por Bruno de Carvalho.

O interesse em Bas Dost não é novo e já durante a visita do emblema alemão a Alvalade, por ocasião do Troféu Cinco Violinos, foi comentada a possível mudança do avançado holandês para o Sporting.

Agora, porém, e segundo o jornal alemão Bild, os leões ganharam terreno, uma vez que o Wolfsburgo está muito perto de fechar a contratação de Simone Zaza, avançado italiano da Juventus, que esteve presente no último Campeonato da Europa, em França.

O facto de poder chegar à seleção é um dos motivos que levam Bas Dost a ver com bons olhos a mudança para Alvalade. No Sporting, o avançado holandês, que conta apenas com seis internacionalizações e um golo, teria lugar garantido no onze de Jorge Jesus. Além disso, permaneceria na montra da Liga dos Campeões e, embora com menos prestígio, continuaria a jogar num dos principais clubes de Portugal, cuja Liga ganhou maior visibilidade com a vitória da Seleção Nacional no Europeu.

O Sporting, porém, tem concorrência forte na corrida pelo goleador holandês do Wolfsburgo. Além dos leões, também Southampton, de Inglaterra, bem como Bétis e Espanhol, de Espanha, estão atentos à situação de Bas Dost. Joga a favor dos leões a tal montra europeia, além do desejo do avançado em trabalhar com Jorge Jesus.

A confirmar-se a contratação de Bas Dost, o Sporting ganha um goleador de créditos firmados. Na última época, o avançado fez dez golos em 31 jogos pelo Wolfsburgo, depois de em 2014/2015 ter feito o dobro dos tentos (20), num total de 36 jogos. O atacante holandês está no emblema alemão desde 2012/2013, depois de ter despontado no Heerenveen, da Holanda. #Primeira Liga Portuguesa #Mercado de Transferências