Resumo do jogo

Depois de uma primeira parte na qual o #Benfica foi bastante perigoso e poderia ter chegado à vantagem logo nos primeiros 15 minutos de jogo, e poder-se-ia considerar que a desvantagem ao intervalo era injusta (golo de Hamsik aos 20 minutos), a segunda parte foi completamente diferente. O Benfica entrou desastrado e em sete minutos, dos 51 aos 58 minutos, sofreu três golos que colocaram o resultado em 4-0, a defesa encarnada esteve bastante desastrada com o guarda-redes Júlio César a ajudar também ao desnorte. Os autores dos golos foram Mertens por duas vezes e Milik. Depois do 4-0, Gonçalo Guedes (70 minutos) e Salvio (86 minutos) minimizaram o “desastre” e conseguiram colocar o resultado final em 4-2.

A classificação do Grupo B ao fim de dois jogos é a seguinte:

1.º Nápoles (6 pontos)

2.º Besiktas (2 pontos)

3.º Dínamo Kiev (1 ponto)

4.º Benfica (1 ponto)

São estes os resultados finais da noite:

Nápoles, 4 – Benfica, 2

Besiktas, 1 – Dínamo Kiev, 1

Rostov, 2 – PSV, 2

Atlético Madrid, 1 – Bayern Munique, 0

B. Mönchengladbach, 1 – Barcelona, 2

Celtic, 3 – Manchester City, 3

Ludogorets, 1 – PSG, 3

Arsenal, 2 – Basileia, 0

Final do jogo. Nápoles, 4 – Benfica, 2

90' - Quatro minutos de compensação.

89' - Reina sai em falso da baliza, valeu a defesa do Nápoles a afastar a bola.

87' - Milik parte isolado para a baliza, Júlio César antecipa-se e corta a bola.

86' - Cartão amarelo para Reina por protestos.

86' - GOLO DO BENFICA! Salvio isola-se e perante Reina não perdoa, o passe foi de André Almeida.

82' - Substituição no Benfica. Sai Fejsa, entra José Gomes. O Benfica esgota as substituições.

82' - Substituição no Nápoles. Sai Mertens, entra Giaccherini. O Nápoles esgota as substituições.

77' - Cartão amarelo para Fejsa por derrube a Hamsik.

70' - GOLO DO BENFICA! Gonçalo Guedes rouba a bola na defesa napolitana e aproveita para reduzir para 4-1.

69' - Substituição no Nápoles. Sai Callejón, entra Insigne.

67' - Substituição no Benfica. Sai Carrillo, entra Gonçalo Guedes.

65' - Cartão amarelo para Carrillo por falta sobre Callejón.

62' - Milik quase faz o 5-0! Milik à boca da baliza acabou por rematar por cima.

58' - GOLO DO NÁPOLES! Júlio César sai mal da baliza e Mertens só teve que empurrar para o fundo da baliza.

56' - Substituição no Benfica. Sai André Horta, entra Salvio.

54' - GOLO DO NÁPOLES! Milik converte o castigo máximo.

53' - Penálti para o Nápoles! Júlio César derruba Callejón e vê o cartão amarelo.

51' - GOLO DO NÁPOLES! Livre direto batido por Mertens sem hipóteses de defesa para Júlio César.

50' - Cartão amarelo para Lisandro por derrube a Mertens. Livre perigoso a favor do Nápoles.

48' - Lindelöf corre vários metros e acaba por rematar, a bola sai por cima da baliza.

Início da segunda parte. Sai o Nápoles com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

O Benfica foi a equipa que criou mais perigo no ataque, mas o que conta é a eficácia e o Nápoles aproveitou para marcar na primeira grande oportunidade de golo que teve. Hamsik fez o golo da equipa italiana aos 20 minutos.

Ao intervalo são estes os resultados:

Nápoles, 1 – Benfica, 0

Besiktas, 1 – Dínamo Kiev, 0

Rostov, 2 – PSV, 2

Atlético Madrid, 0 – Bayern Munique, 0

B. Mönchengladbach, 1 – Barcelona, 0

Celtic, 2 – Manchester City, 2

Ludogorets, 1 – PSG, 1

Arsenal, 2 – Basileia, 0

Intervalo no jogo. Nápoles, 1 – Benfica, 0

45' - Um minuto de compensação.

40' - Remate de André Horta bloqueado pela defesa do Nápoles.

37' - Remate de Alan a não levar a direção da baliza.

32' - Hamsik remata ao lado.

20' - GOLO DO NÁPOLES! Canto batido por Ghoulam e a bola acabou por sobrar para Hamsik que só teve que empurrar para o fundo da baliza.

19' - Grimaldo tira a bola de Callejón que já se preparava para fazer o 1-0

16' - André Almeida remata de longe, a bola sai muito alta e sem levar a direção da baliza.

11' - Substituição no Nápoles. Sai Albiol (lesionado), entra Maksimovic.

9' - Novamente Reina a evitar o golo a Mitroglou com uma grande defesa.

5' - Quase o golo do Benfica! Mitroglou na cara de Reina permite a defesa do guarda-redes do Nápoles.

1' - Milik aparece nas costas da defesa do Benfica, Júlio César antecipa-se e agarra a bola.

19:45 - Início da primeira parte. Sai o Benfica com a bola.

19:42 - As equipas já estão em campo! Ouve-se o hino da #Liga dos Campeões.

19:35 - Onze inicial e suplentes do Nápoles

Onze inicial: Pepe Reina (GR), Elseid Hysai, Raúl Albiol, Kalidou Koulibaly, Faouzi Ghoulam, Alan, Jorginho, Marek Hamsik (C), José Callejón, Dries Mertens e Arkadiusz Milik.

Suplentes: Luigi Sepe (GR), Emanuele Giaccherini, Christian Maggio, Nikola Maksimović, Piotr Zieliński, Manolo Gabbiadini e Lorenzo Insigne.

Treinador do Nápoles: Maurizio Sarri.

19:35 - Onze inicial e suplentes do Benfica

Onze inicial: Júlio César (GR), André Almeida (C), Victor Lindelöf, Lisandro López, Alex Grimaldo, Ljubomir Fejsa, Nelson Semedo, André Horta, Pizzi, André Carrillo e Kostas Mitroglou.

Suplentes: Ederson Moraes (GR), Luisão, Guillermo Celis, Eduardo Salvio, Franco Cervi, Gonçalo Guedes e José Gomes.

Treinador do Benfica: Rui Vitória.

00:00 – O Benfica visita o Nápoles no seu segundo jogo a contar para a Champions League de 2016/17. O jogo tem início às 19h45 (hora portuguesa).

Depois do empate caseiro a uma bola frente ao Besiktas da Turquia, o Benfica tem de ir à conquista de pontos no San Paolo para poder estar mais tranquilo na classificação do Grupo B e não depender de terceiros para seguir para os oitavos-de-final da competição.

Os encarnados lideram o campeonato português com um ponto de vantagem sobre o eterno rival, o Sporting, mas o Nápoles está também a fazer uma grande temporada em Itália estando em segundo lugar a um ponto do atual campeão italiano, a Juventus.

No que diz respeito a confrontos europeus, estas duas equipas só se defrontaram em duas ocasiões em dois jogos que contaram para a primeira ronda da antiga Taça UEFA correspondente à época de 2008/09. O Benfica perdeu a primeira mão em Nápoles por 3-2, mas acabaria por ser feliz na segunda mão com uma vitória por 2-0 com golos de José Antonio Reyes e Nuno Gomes. #Champions League live