O jogador Leonardo Bonucci falou esta quarta feira, 5 de outubro, em conferência de imprensa, sobre a doença do filho de dois anos. O atleta emocionou-se ao recordar a fase difícil que tem vivido nos nos últimos meses: "O que aconteceu tornou-me mais forte. Quero agradecer ao meu filho e à minha esposa, porque enfrentamos uma época dura e continuamos a lutar juntos contra ela". 

Matteo luta contra uma doença crónica que o levou a ser operado à cabeça já por duas vezes; a última cirurgia aconteceu há um mês. O central da Juventus teve de controlar as lágrimas ao comentar todo o sofrimento que o filho e a #Família têm passado.

Na mesma conferência, o atleta mostrou-se confiante na recuperação da criança: "Quando te sentes bem de cabeça e coração, podes fazer frente a tudo", acrescenta. Bonucci é casado com a ex-modelo Martina Maccari e tem dois filhos: Lorenzo e Matteo, de quatro e dois anos, respetivamente.

Bonucci contou ainda que passou noites sem dormir na altura em que falhou o penálti que eliminou a seleção italiana nos quartos de final do Euro 2016 frente à Alemanha, "mas o importante é quando levam o teu filho para a sala de operações". "O #Futebol é poderoso sim, no entanto, deixa de ter relevância num momento como este", explicou o atleta.

Veja o momento em que o jogador italiano se emociona:

Leonardo Bonucci foi chamado para os jogos da seleção da Itália diante da Espanha, esta quinta-feira (dia 6), e domingo (dia 09), frente à seleção da Macedónia. O defesa central regressou à convocatória depois de ter falhado os últimos encontros no início do mês de setembro - contra França e Israel - e, consequentemente, a estreia do novo treinador Giampiero Ventura.

O jogador de 29 anos jogou pelas seleções de sub-20 e sub-21 e estreou-se na seleção A a 3 de março de 2010, num encontro amigável frente aos Camarões. Nesse mesmo ano, fez parte da lista dos convocados de Marcello Lippi para o Mundial e marcou o seu primeiro golo ao serviço da formação italiana três meses depois. Atualmente, defende a Juventus, para onde se transferiu, em 2012, por 15,5 milhões de euros.