Resumo do jogo Borussia Dortmund, 4 – Benfica, 0

Resultado demasiado pesado por aquilo que o #Benfica fez na primeira parte, mas quem comete distrações defensivas contra uma equipa como o Borussia Dortmund arrisca-se a pagar caro e em três minutos os alemães resolveram a questão. Aubameyang, que foi a principal figura pela negativa no jogo da primeira mão, apontou hoje três dos quatro golos do conjunto alemão.

O Borussia Dortmund chegou ao primeiro golo aos 4 minutos aproveitando da melhor forma uma desatenção da defensiva encarnada. O Benfica respondeu e foi crescendo ao longo destes primeiros 45 minutos tendo tido até mais ocasiões para marcar, Luisão e Cervi tiveram boas ocasiões para marcar, mas a bola esbarrou sempre na defensiva alemã.

Os encarnados entraram melhor na segunda parte e Cervi poderia ter empatado o jogo aos 47 minutos, mas três minutos ditariam o fim da eliminatória. Aos 59 minutos, numa jogada de insistência do Borussia, Pulisic faz o 2-0 e aos 61 minutos Aubameyang faz o 3-0 que praticamente sentencia a eliminatória. O Benfica tentou responder, mas sem criar grande perigo e o Borussia foi controlando as operações. Aos 85 minutos, Aubameyang confirma o seu hat-trick e fecha o marcador em 4-0 favorável ao conjunto alemão.

O Borussia Dortmund junta-se assim ao Real Madrid, ao Barcelona e ao Bayern Munique nos quartos-de-final da #Liga dos Campeões.

Final do jogo. Borussia Dortmund, 4 – Benfica, 0

90' - Três minutos de compensação.

88' - Substituição no Borussia Dortmund. Sai Sokratis, entra Ginter. O Borussia Dortmund esgota as substituições.

86' - Substituição no Borussia Dortmund. Sai Aubameyang, entra Schürrle.

85' - GOLO DO BORUSSIA DORTMUND! Aubameyang confirma o hat-trick a passe de Durm, o jogador do Borussia só teve que empurrar a bola para o fundo da baliza.

84' - Bartra acerte em cheio no poste! De cabeça, o jogador do Dortmund acerta no ferro da baliza e a bola acaba por sair pela linha de fundo.

83' - Substituição no Benfica. Sai Cervi, entra Raúl Jiménez. O Benfica esgota as substituições.

81' - Substituição no Borussia Dortmund. Sai Dembélé, entra Kagawa.

74' - Substituição no Benfica. Sai Samaris, entra Zivkovic.

66 - Castro atira ao lado da baliza de Ederson.

65' - Cartão amarelo para Piszczek.

64' - Substituição no Benfica. Sai Salvio, entra Jonas.

61' - GOLO DO BORUSSIA DORTMUND! Bis de Aubameyang, na cara de Ederson não desperdiça. O passe foi de Schmelzer.

59' - GOLO DO BORUSSIA DORTMUND! Pulisic isola-se e perante Ederson "pica" a bola por cima do guarda-redes do Benfica.

59' - Ederson decisivo! Aubameyang aparece na cara do guarda-redes do Benfica e este evita o 2-0.

47' - Quase o empate! Cervi sem oposição remata em posição frontal, um defesa do Borussia corta a bola para canto.

Início da segunda parte. Sai o Borussia Dortmund com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

O Dortmund entrou pressionante no jogo e acabou por chegar cedo ao golo, que foi apontado por Aubameyang aos 4 minutos. O Benfica equilibrou as operações e até acabou por te rmais ocasiões para marcar nesta primeira parte. A eliminatória está assim empatada.

Intervalo no jogo. Borussia Dortmund, 1 – Benfica, 0

45+1' - Piszczek atira muito por cima da baliza de Ederson.

45' - Um minuto de compensação.

42' - Remate de Pulisic para defesa fácil de Ederson.

38' - Cartão amarelo para Dembélé por protestos.

33' - Cartão amarelo para Samaris por travar o contra-ataque de Dembélé.

33' - Remate de Nélson Semedo bloqueado pela defesa do Borussia.

32' - Livre batido por Pizzi a encontrar Luisão, que atira à figura de Bürki.

32' - Cartão amarelo para Castro por falta dura sobre André Almeida.

24' - Cervi aparece em boa posição para fazer o empate, mas o remate sai fraco e Bürki defende com facilidade.

19' - Durm tenta fazer o chapéu a Ederson, a bola sai muito longe da baliza.

11' - Remate de Dembélé a levar a bola a sair longe da baliza.

8' - Bartra antecipa-se a Ederson, a bola sai por cima da barra.

4' - GOLO DO BORUSSIA DORTMUND! Aubameyang de cabeça marca após desvio de Pulisic.

19:45 - Início da primeira parte. Sai o Benfica com a bola.

19:42 - As equipas já estão em campo! Ouve-se o hino da Liga dos Campeões.

19:15 - Onze inicial e suplentes do Borussia Dortmund

Onze inicial: Roman Bürki (GR), Lukasz Piszczek, Sokratis Papastathopoulos, Marc Bartra, Julian Weigl, Erik Durm, Marcel Schmelzer (C), Ousmane Dembélé, Gonzalo Castro, Christian Pulisic e Pierre-Emerick Aubameyang.

Suplentes: Roman Weidenfeller (GR), Matthias Ginter, Felix Passlack, André Schürrle, Shinji Kagawa, Raphaël Guerreiro e Mikel Merino.

Treinador do Borussia Dortmund: Thomas Tuchel.

19:15 - Onze inicial e suplentes do Benfica

Onze inicial: Ederson Moraes (GR), Nelson Semedo, Luisão (C), Victor Lindelöf, Eliseu, André Almeida, Andreas Samaris, Pizzi, Toto Salvio, Franco Cervi e Kostas Mitroglou.

Suplentes: Júlio César (GR), Jardel, André Horta, André Carrillo, Rafa Silva, Andrija Zivkovic e Raúl Jiménez.

Treinador do Benfica: Rui Vitória.

00:00 – O Benfica visita o terreno do Borussia Dortmund com uma vantagem de um golo nestes oitavos-de-final da #Champions League. O jogo tem início às 19h45 (hora de Lisboa).

O conjunto orientado por Rui Vitória venceu a primeira mão disputada no Estádio da Luz por 1-0 graças a um golo marcado por Mitroglou. Neste jogo, o guarda-redes Ederson esteve também em destaque evitando em várias situações o golo da equipa alemã tendo inclusivamente defendido uma grande penalidade batida por Aubameyang, que teve uma noite para esquecer.

Para garantir o apuramento, o Borussia Dortmund precisa de vencer o Benfica por dois golos de diferença, o empate ou a vitória por apenas um golo de diferença (exeto 1-0 que empata a eliminatória) coloca os encarnados nos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Rui Vitória não conta com Fejsa por lesão, pelos mesmos motivos Tomas Tuchel não vai contar com quatro jogadores: Sebastian Rode, Marco Reus, Mario Götze e Sven Bender.

Nos quartos-de-final já garantiram presença o Real Madrid, que eliminou o Napoli, e o Bayern de Munique, que eliminou o Arsenal.