#Alan Osório da Costa Silva, o “guerreiro de tranças”, que conquistou o SC Braga, escolheu o dia 21 de junho para colocar oficialmente um ponto final na sua batalha como futebolista. Contudo, não deixará de ser um Guerreiro do Minho. Iniciará novas funções como dirigente do SC Braga.

O agora ex-jogador, apesar de ter nascido no Rio de Janeiro, Brasil, fez praticamente a sua vida profissional em Portugal, em clubes do primeiro escalão português de futebol. Trabalho esse que lhe proporcionou a obtenção da nacionalidade portuguesa.

Alan é um extremo e médio ofensivo que, aos 37 anos, termina uma carreira cheia de grandes feitos.

Publicidade
Publicidade

Iniciou-se e mostrou-se aos “grandes” ao serviço do Marítimo, onde cativou o FC Porto. Finalmente, consumou a sua carreira ao tornar-se parte do SC Braga, com nove anos de ligação ao clube.

Percurso

  • 1999 – 2001 Ipatinga
  • 2001/02 – 2004/05 Marítimo
  • 2005/06 – 2006/07 FC Porto
  • 2007/08 V. Guimarães (Empréstimo)
  • 2008/09 – 2016/17 SC Braga

Alan realizou quase toda a sua carreira como futebolista profissional em Portugal. Começou na Madeira, no Marítimo, onde fez da velocidade o seu ponto forte, ao jogar como extremo. Ao fim de quatro épocas pelos insulares, atraiu a atenção do FC Porto, onde ficou duas épocas e conquistou os dois campeonatos portugueses que tem na carreira.

Depois de duas épocas deixou de ser opção e foi emprestado aos vimaranenses durante uma época. Quis o destino que Alan continuasse no Minho.

Publicidade

Depois de uma época no Vitória de Guimarães, acabou por ir parar ao grande rival, o SC Braga. Nos bracarenses conseguiu tornar-se uma peça fundamental do clube e conseguiu a estabilidade que tanto procurava.

Ao longo dos anos, e com o passar da idade, começou a fazer da técnica a sua "arma". Já não tinha a velocidade e poder de explosão de anos anteriores, mas a visão do jogo e técnica tornaram-se uma mais-valia. Com estas características, e já no SC Braga, passou a jogar não só como extremo, mas também como médio ofensivo.

Palmarés

  • 1 Taça Intertoto
  • 2 Ligas Portuguesas
  • 1 Taça da Liga
  • 2 Taça de Portugal
  • 1 Supertaça Cândido Oliveira

Termina assim uma grande carreira, cheia de coisas bonitas. Alan é, sem dúvida, um grande guerreiro e futebolista. Hoje o futebol fica mais pobre. Porém, nem tudo são notícias menos boas. O lado positivo desta notícia é que o ex-futebolista vai continuar ligado ao futebol, depois de ter rejeitado outras propostas de outros clubes, para continuar como jogador profissional.

Alan, juntamente com António Salvador (presidente do SC Braga), chegaram a acordo e desta forma Alan passará a desempenhar funções de Director de Relações Institucionais do clube minhoto. #SCBraga #Primeira Liga Portuguesa