Resumo do Chile, 0 – Alemanha, 1

A #Alemanha vence pela primeira vez a #Taça das Confederações num jogo onde não entrou bem, mas onde acabou por chegar ao golo aos 21 minutos na primeira oportunidade que teve para tal, Stindl foi o autor do golo. Até ao intervalo, a seleção alemã poderia ter aumentado a vantagem, mas acabou por não ser tão eficaz, muito graças ao guarda-redes do #Chile, Claudio Bravo.

Na segunda parte, o Chile tentou chegar ao empate perante uma Alemanha que ia gerindo a vantagem magra no marcador. Só a partir do último quarto-de-hora do jogo é que o Chile começou a ter mais ocasiões para marcar, mas a bola ia esbarrando no guarda-redes ter Stegen.

Publicidade
Publicidade

Aos 84 minutos, Sagal tinha a baliza à sua mercê, mas acabou por rematar muito por cima naquela que foi sem dúvida a grande oportunidade para o Chile marcar.

A Alemanha vence a Taça das Confederações 2017.

Final do jogo. Chile, 0 – Alemanha, 1

90+5' - ter Stegen segura a vitória! Livre direto batido por Alexis Sánches e o guarda-redes alemão faz uma grande defesa.

90+2' - Cartão amarelo para Rudy por falta sobre Vidal.

90+1' - Substituição na Alemanha. Sai Goretzka, entra Sule.

90' - Cinco minutos de compensação.

90' - Cartão amarelo para Bravo.

90' - Cartão amarelo para Emre Can por antijogo.

89' - Cabeceamento de Draxler para as mãos de Bravo.

84' - Incrível! Sagal só tinha que empurrar a bola para o fundo da baliza, mas o reamte saiu muito alto.

81' - Dupla substituição no Chile. Saem Vargas e Aránguiz, entram Sagal e Puch.

Publicidade

80' - Grande defesa de ter Stegen a remate de Aránguiz.

79' - Substituição na Alemanha. Sai Werner, entra Emre Can.

76' - Cartão amarelo para Vargas por protestos.

75' - Remate de Vidal a ser cortado para pontapé de canto.

74' - Perde-se uma boa ocasião para o Chile marcar, Vargas atira para as mãos de ter Stegen.

66' - Cartão amarelo para Jara por dar uma cotovelada em Stindl.

59' - Kimmich e Vidal envolvem-se em confrontos e ambos veem o cartão amarelo.

56' - Jara desvia o remate de Mustafi, a bola ia na direção da baliza.

53' - Substituição no Chile. Sai Marcelo Díaz, entra Valencia.

Início da segunda parte. Sai a Alemanha com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

O Chile entrou muito bem no jogo e foi criando perigo para a baliza de ter Stegen. Aos 21 minutos, na primeira situação de golo que criou, a Alemanha marcou por intermédio de Stindl. O Chile sentiu bastante o golo e desde o minuto 21 que a Alemanha está por cima no jogo podendo até já estar a ganhar por um resultado mais avolumado.

Publicidade

Intervalo no jogo. Chile, 0 – Alemanha, 1

45' - Bravo evita o 0-2! Goretzka aparece isolado, mas o guarda-redes do Chile mantém a equipa viva no jogo.

40' - Draxler quase marcava, a bola passa ligeiramente ao lado da baliza.

36' - Goretzka remata com perigo, a bola sai ao lado da baliza.

32' - Remate de Vidal sem qualquer perigo.

24' - Aránguiz aparece em zona de finalização, mas o remate sai muito torto.

21' - GOLO DA ALEMANHA! Falha incrível de Díaz na defesa chilena, Werner passa por Bravo e assiste Stindl que só teve d empurrar para a baliza deserta.

20' - Quase o golo do Chile! Vidal remata, ter Stegen defende para a frente e Alexis Sánchez não consegue marcar.

15' - Primeiro remate da Alemanha no jogo, o cabeceamento de Mustafi saiu muito torto.

13' - Vargas mais uma vez a rematar, a bola acaba nas mãos de ter Stegen.

11' - Vargas atira por cima da baliza.

5' - Vidal atira para defesa apertada de ter Stegen.

2' - Remate de Alexis Sánchez a sair ao lado da baliza.

19:00 - Início da primeira parte. Sai o Chile com a bola.

18:55 - As equipas já estão em campo, vamos já de seguida ouvir os hinos das duas Seleções.

18:10 - Onze inicial e suplentes do Chile

Onze inicial: Claudio Bravo (GR) (C), Mauricio Isla, Gary Medel, Gonzalo Jara, Jean Beausejour, Arturo Vidal, Marcelo Díaz, Charles Aránguiz, Pablo Hernández, Eduardo Vargas e Alexis Sánchez.

Suplentes: Cristopher Toselli (GR), Johnny Herrera (GR), Eugenio Mena, Paulo Díaz, Leonardo Valencia, José Fuenzalida, Enzo Andia, Felipe Gutiérrez, Enzo Roco, Francisco Silva, Martín Rodríguez, Edson Puch e Angelo Sagal.

Selecionador do Chile: Juan Antonio Pizzi.

18:10 - Onze inicial e suplentes da Alemanha

Onze inicial: Marc-André ter Stegen (GR), Joshua Kimmich, Matthias Ginter, Shkodran Mustafi, Jonas Hector, Antonio Rüdiger, Sebastian Rudy, Leon Goretzka, Lars Stindl, Timo Werner e Julian Draxler (C).

Suplentes: Kevin Trapp (GR), Bernd Leno (GR), Marvin Plattenhard, Sandro Wagner, Kerem Demirbay, Julian Brandt, Benjamin Henrichs, Amin Younes, Niklas Süele e Emre Can.

Selecionador da Alemanha: Joachim Löw.

00:00 – Chile e Alemanha disputam a grande final da Taça das Confederações de 2017. O jogo tem início às 19h00 (hora de Lisboa).

As seleções do Chile e da Alemanha voltam a defrontar-se nesta Taça das Confederações depois de se terem defrontado na fase de grupos, esse jogo acabaria empatado a uma bola. A seleção chega a esta final depois de ter eliminado nas grandes penalidades a seleção portuguesa, atual campeã da Europa. Depois de se registar no marcador um empate a zero no final do tempo regulamentar e do prolongamento, o Chile viria a vencer por 3-0 no desempate por grandes penalidades. Já a Alemanha conseguiu resolver o seu jogo nos 90 minutos regulamentares depois de ter goleado o México por 4-1 num jogo onde, apesar da muita pressão mexicana, soube marcar nos momentos certos.

Para além da luta pela vitória com uma seleção completamente jovem, que deixou grande parte dos jogadores campeões do mundo de fora da competição, tais como Manuel Neuer, Toni Kroos, Mesut Ozil, Thomas Muller ou Sami Khedira, a Alemanha pode ter três jogadores na lista de melhores marcadores. Neste momento, Timo Werner e Leon Goretzka têm três golos apontado cada um, mas logo atrás segue Lars Stindl com dois golos apontados.