Resumo do Equador, 1 – Argentina, 3

Após um início de jogo tremido com um golo sofrido logo aos 39 segundos (apontado por Romário Ibarra), a Argentina conseguiu partir para uma exibição segura e garantir um lugar no #Mundial 2018. Messi acabou por ser o herói argentino ao ter apontado os três golos da seleção alviceleste aos 12, aos 20 e aos 62 minutos.

A Argentina acompanha assim o Brasil, o Uruguai e a Colômbia rumo ao Rússia 2018. O Peru vai disputar um playoff frente à Nova Zelândia e a grande surpresa pela negativa vai para o Chile, que fica de fora da competição.

A classificação final do Grupo da CONMEBOL ficou assim ordenada:

1.º Brasil (41 pontos)

2.º Uruguai (31 pontos)

3.º Argentina (28 pontos)

4.º Colômbia (27 pontos)

5.º Peru (26 pontos)

6.º Chile (26 pontos)

7.º Paraguai (24 pontos)

8.º Equador (20 pontos)

9.º Bolívia (14 pontos)

10.º Venezuela (12 pontos)

Final da partida. Equador, 1 – Argentina, 3

90+3' - Banguera evita o quarto golo da Argentina! Grande defesa a remate de Icardi.

Publicidade
Publicidade

90' - Substituição na Argentina. Sai Salvio, entra Fazio. A Argentina esgota as substituições.

86' - Cartão amarelo para Mascherano.

84' - Substituição na Argentina. Sai Di María, entra Paredes.

79' - Remate de Preciado a sair desenquadrado com a baliza.

77' - Substituição no Equador. Sai Intriago, entra Uchuari. O Equador esgota as substituições.

77' - Substituição na Argentina. Sai Benedetto, entra Icardi.

76' - Cartão amarelo para Estrada.

64' - Substituição no Equador. Sai Ordoñez, entra Preciado.

62' - GOLO DA ARGENTINA! Hat-trick de Messi, mais um grande golo do argentino.

47' - Cartão amarelo para Biglia.

47' - Cartão amarelo para Acuña.

Início da segunda parte. Sai a Argentina com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte.

Uma primeira parte disputada a um ritmo acelerado.

Publicidade

O Equador entrou melhor a marcou logo aos 39 segundos por intermédio de Romário Ibarra. A Argentina foi equilibrando as operações e acabou por dar a volta ao marcador com dois golos de Messi apontados aos 12 e aos 20 minutos.

Intervalo na partida. Equador, 1 – Argentina, 2

41' - Substituição no Equador. Sai Cevallos, entra Enner Valencia.

32' - Di María aparece na cara de Banguera, o guarda-redes do Equador evita o 1-3.

30' - Remate de Ramirez para defesa fácil de Romero.

20' - GOLO DA ARGENTINA! A defesa equatoriana não alivia a bola e Messi bisa no jogo com um remate forte e colocado.

19' - Messi bate um livre direto contra a barreira.

16' - Messi obriga Banguera a defesa apertada.

13' - Cartão amarelo para Cevallos por falta dura sobre Salvio.

12' - GOLO DA ARGENTINA! Di María assiste Messi isolado que só teve de empurrar a bola para o fundo da baliza, está feito o empate.

11' - Ramirez atira à figura de Romero.

10' - Na sequência do canto, Di María remata ao lado.

10' - Remate de Di María desviado para pontapé de canto.

Publicidade

7' - Renato Ibarra remata contra um defesa da argentina, a bola acaba nas mãos de Romero.

1' - GOLO DO EQUADOR! 39 segundos bastaram para Romário Ibarra abrir o marcador para os equatorianos.

00:30 - Início da primeira parte. Sai o Equador com a bola.

00:27 - As equipas já estão em campo, vamos já de seguida ouvir os hinos das suas Seleções.

23:45 - Onze inicial e suplentes do Equador

Onze inicial: Maximo Banguera (GR) (C), Roberto Ordoñez, Pedro Velasco, Jose Cevallos, Cristian Ramirez, Renato Ibarra, Robert Arboleda, Jefferson Orejuela, Romário Ibarra, Jefferson Intriago e Dário Aimar.

Suplentes: Pedro Ortiz (GR), Hamilton Piedra (GR), Ronaldo Johnson, Jacob Murillo, Joao Plata, Jonny Uchuari, Enner Valencia, Carlos Garces, Andrés López e Xavier Arreaga.

Selecionador do Equador: Jorge Célico.

23:45 - Onze inicial e suplentes da Argentina

Onze inicial: Sergio Romero (GR), Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi, Javier Mascherano, Dario Benedetto, Toto Salvio, Enzo Pérez, Marcos Acuña, Lucas Biglia, Ángel di María e #Lionel Messi (C).

Suplentes: Agustin Marchesin (GR), Nahuel Guzmán (GR), Federico Fazio, Germán Pezzella, Pablo Pérez, Mauro Icardi, Milton Casco, Emiliano Rigoni, Ever Banega, Leandro Paredes, Paulo Dybala e Alejandro Gómez.

Selecionador da Argentina: Jorge Sampaoli.

16:30 – A Argentina tem no Equador a última oportunidade de se apurar para o Mundial de 2018. O jogo tem início às 00h30 (hora de lisboa).

Não passava na cabeça de muitos, mas a Argentina está obrigada hoje a vencer no Equador, que já não tem quaisquer hipóteses de chegar ao Mundial, e ainda esperar por resultados de terceiros, ou para garantir o apuramento direto, ou ainda para jogar o playoff de acesso frente à Nova Zelândia, vencedora da zona da Oceânia.

A Argentina está no sexto lugar no grupo da CONMEBOL com 25 pontos conquistados (seis vitórias, sete empates e quatro derrotas), os mesmos que o Peru que está no quinto lugar e que recebe nesta última jornada a Colômbia, que segue na quarta posição do grupo com 26 pontos, o mesmo número de pontos que o Chile que se desloca até ao Brasil, que já tem o apuramento garantido há algumas jornadas. A seleção mais confortável nestas contas é o Uruguai, que tem 28 pontos e que só precisa de um empate para garantir o apuramento direto.

Quem ainda tem também hipóteses de lutar por um lugar no Rússia 2018 (ou no playoff de acesso) é o Paraguai, atual sétimo classificado da CONMEBOL, e que precisa de vencer em casa a Venezuela e esperar por deslises de terceiros. #Directo