Encontra-se desaparecido um avião da companhia malaia Air Asia. O aparelho partiu da Indonésia perto das 05h00 locais deste domingo e deveria ter chegado a Singapura cerca de três horas depois. De acordo com as declarações de elementos da companhia área à imprensa, o piloto do Airbus 320-200 pediu autorização para mudar a rota, tendo em conta a situação meteorológica.

As informações divulgadas pela Air Asia Indonesia, a companhia low cost a que pertence o avião desaparecido, referem que a bordo se encontravam 162 pessoas, entre as quais 155 passageiros e uma equipa de sete tripulantes. Sabe-se que o avião partiu da Ilha de Java, Indonésia, às 05h20 locais, tendo o piloto solicitado permissão para subir de altitude, tendo em conta as condicionantes meteorológicas, por volta das 06h12.

Publicidade
Publicidade

Pouco mais de uma hora depois, foi perdido qualquer contacto com o aparelho, enquanto este ainda sobrevoava o Controle de Tráfego Aéreo da Indonésia.

A BBC adianta que a grande maioria dos passageiros do Airbus 320-200 são indonésios - ao todo, 155 pessoas. Há registo ainda de três passageiros com nacionalidade sul-coreana, e ainda uma pessoa de nacionalidade francesa, uma inglesa e uma malaia. A principal suspeita das autoridades é a que de o aparelho terá caído algures entre as ilhas de Belitung e de Pontianak, ambas na Indonésia, sendo esta a área onde estão a ser efectuadas as principais averiguações. Ao que a imprensa internacional apurou, a missão de resgate conta neste momento com três helicópteros, seis navios e um Boing 737 da força aérea indonésia.

A Air Asia Indonesia é uma companhia pertencente à Air Asia, que tem sede na Malásia e se encontra no activo desde 2001.

Publicidade

Até hoje, nunca tinha atravessado uma situação deste género. Apesar disso, este é o terceiro aparelho de uma companhia malaia a ser alvo de uma tragédia em 2014. Recorde-se que, em Março, um avião que partira da capital do país e tinha como destino Pequim ainda não foi encontrado. Já em Julho, um voo que partiu de Amesterdão com destino à Malásia, acabou por ser abatido enquanto sobrevoava a Ucrânia.