O anúncio do reatar de relações diplomáticas entre Estados Unidos da América e Cuba foi bastante saudado pelos cidadãos daquela ilha residentes em Portugal, mas foi a libertação de três dos cinco heróis que ainda estavam encerrados numa prisão americana que mais foi celebrada nas redes sociais. Na sua página de Facebook, a Associação de Amizade Portugal-Cuba manifestou o seu agrado: "Congratulamo-nos pela sua libertação. A solidariedade e luta de todos os povos pela causa dos cinco teve êxito. Vale a pena lutar e continuaremos a lutar", lia-se num texto acompanhado por um fotografia com as caras de Gerardo, Ramón e Antonio. Semelhante mensagem foi partilhada pela Porto com Cuba.

Publicidade
Publicidade

A Comissão Regional do Porto contra o Bloqueio e de Solidariedade com o Povo de Cuba utilizou a mesma plataforma para exaltar: "Venceu a solidariedade e a luta dos que por todo Mundo ergueram a sua voz contra a injustiça! Cuba livre do bloqueio!".

A embaixadora de Cuba em Portugal, Johana Tablada, esteve bastante activa na rede social ao longo do dia, tendo anunciado o comunicado ao país do Presidente Raúl Castro e celebrado o regresso dos três heróis a casa. "Voltaram! Voltaram! E o mundo é hoje um pouco melhor por isso", escreveu, em castelhano. Depois, foi dando conta das mensagens de felicitações que ia recebendo de cubanos e portugueses e das pessoas que chegavam à embaixada para comemorar este dia histórico.

Na página oficial da representação Cubana em terras lusitanas, na rede social criada por Mark Zuckerberg, também foram publicadas várias mensagens.

Publicidade

Uma delas fazia o resumo das palavras do irmão de Fidel Castro: "Raúl anunciou o regresso à pátria de Antonio, Gerardo e Ramón… estabelecimento de diálogo a alto nível, relações diplomáticas… algumas flexibilizações em temas específicos… agradeceu a solidariedade do Papa e do Governo de Canadá". Outra relatava o que se vivia no país: "Em Cuba, as pessoas saem à rua para celebrar o regresso de Antonio, Gerardo e Ramón e o restabelecimento de relações diplomáticas entre a República Socialista de Cuba e os Estados Unidos". A Associação Portuguesa José Marti, que promove o intercâmbio com Cuba, fez eco de algumas dessas publicações.