Nos últimos anos os incidentes de avião têm aumentado e hoje foi o dia de um avião da companhia Air Asia desaparecer dos radares. A bordo estavam cerca de 160 pessoas que pretendiam viajar da Indonésia para Singapura, dos quais 156 eram da Indonésia, três eram da Coreia, um da Malásia, um de França e um de Singapura, segundo informações publicadas pela Air Asia. A companhia aérea informa que durante a viagem o piloto solicitou uma redefinição da rota por razões climatéricas. O voo teve início às 5:20 (hora local), prevendo-se que chegaria a Singapura às 8:30 (hora local).

De acordo com o jornal local Jakarta Globe, o piloto do Airbus 320-200 pediu para subir a sua altitude passando de 32 mil pés de altitude para 38 mil.

Publicidade
Publicidade

Em comunicado, um porta-voz do Ministério dos Transportes da Indonésia refere que esta solicitação foi feita às 6 da manhã (hora local). Precisamente uma hora após o início da viagem em Surabaya (Indonésia). A companhia Air Asia veio a confirmar o pedido do seu piloto e, tal como fora referido, aponta para que as más condições climatéricas estejam na base do mesmo.

Ainda segundo informações da mesma fonte, a comunicação perdeu-se pouco tempo depois da descolagem numa altura em que o avião ainda estava sob o controle de Tráfego Aéreo da Indonésia. E acrescentou que o A320-200 tinha a bordo cerca de 155 passageiros, sendo os restantes tripulantes. O avião foi fabricado em 2008 e tinha sido alvo de várias revisões, sendo que a última fora feita em meados de Novembro. Ao que parece, nada indiciava que poderia haver qualquer tipo de problema.

Publicidade

As buscam continuam, os meios disponíveis são um Boeing da Força Aérea da Indonésia, três helicópteros e ainda seis navios. A Air Asia diz estar a fazer todos os possíveis para encontrar e resgatar os passageiros e tripulantes de bordo, prometendo dar mais informações assim que possível. As buscas concentram-se sobretudo entre Belitung e Kalimantan.

Obama não poderia ficar alheio a este incidente e já anunciou publicamente que está a acompanhar de perto esta situação, estando a ser informado sobre todos os acontecimentos e possíveis evoluções.