Anteontem, dia 15 de Janeiro de 2015, a polícia belga procurou prevenir aquilo que podia ter sido mais um atentado terrorista. Em Verviers, no leste da Bélgica, a polícia, numa rápida e organizada operação, dirigiu-se a um apartamento onde viviam alguns jiadistas, tendo sido recebida com tiroteios e explosões! Após manifestações de força de ambas as partes, por fim, a polícia venceu! O resultado desta ação policial foi dois jiadistas mortos e um ferido, que acabou por ser detido.

Estão a ser feitas investigações que ajudem a entender o que estava a ser preparado pelos extremistas, bem como a ligação ou não destes com os atentados de Paris.

Publicidade
Publicidade

Muitos acreditam que se trata de células terroristas constituídas com a mesma finalidade. Porém, aguardam-se os resultados das investigações. Entretanto, os níveis de alerta e segurança foram aumentados! Estes homens estavam a ser monitorizados havia já algum tempo, tinham regressado da Síria e estavam bem armados. Tanto quanto se sabe, os terroristas planeavam um atentado em Bruxelas, talvez semelhante aos de Paris.

Todos temos ainda na memória os recentes e brutais atentados perpetrados em Paris, primeiro na redação do jornal Charlie Hebdo e depois no supermercado judaico! Violência sem precedentes na velha Europa! A França, e com ela todo o mundo ocidental, e não só, ficou em choque!

Estes acontecimentos na Bélgica vieram dar razão a algumas vozes que profetizaram mais ataques terroristas na Europa.

Publicidade

Desta vez, a prevenção talvez tenha evitado mais um daqueles atos hediondos! Cada vez mais os Estados precisam estar vigilantes! É necessário mobilizar todos os meios possíveis para evitar tragédias destas. Prevenir antes de mais! 

A tolerância, a fraternidade, a igualdade e a liberdade são alguns dos nossos valores e direitos seriamente ameaçados! A violência e brutalidade banalizadas ameaçam e põem em causa a vida quotidiana de todos os cidadãos de boa vontade e, em suma, os Direitos Humanos, consagrados pela Organização das Nações Unidas em 10 de Dezembro de 1948.