Josie Conlan, de 46 anos, não sabia que tinha um nódulo cancerígeno no peito até Ted - o seu cão de raça border collie - ter começado a chorar sempre que passava a pata e acariciava o peito da dona. A britânica não percebeu o motivo por detrás do comportamento do animal até ao momento em que passou a mão no peito e sentiu um caroço. Posto isto, a dona de Ted foi ao médico, onde lhe diagnosticaram um cancro que já estava numa fase avançada. Contudo, o tumor foi removido e a senhora já se encontra bem de saúde.

Josie acredita que Ted lhe salvou a vida. A dona afirma que "o tumor que tinha era particularmente agressivo e estava a crescer muito rapidamente".

Publicidade
Publicidade

E acredita que, se tivesse deixado o tratamento para mais tarde, as consequências poderiam ter sido outras. Em declarações captadas pelo Daily Offbeat, a dona recorda ter achado a situação estranha porque normalmente o cão não era "muito carinhoso" nem costumava dar a sua pata. Por isso, pressentiu que algo teria que estar errado.

Josie comprou Ted pela internet, mas assim que o cão chegou a sua casa, ela percebeu que algo estava errado. Os donos do cão mal falaram com ela e o animal estava empacotado no carro. Assim que o levou ao veterinário, disseram-lhe que o cão tinha sofrido um golpe na cabeça e que provavelmente foi mantido numa gaiola pequena porque os seus músculos estavam bastante frágeis e mal conseguia andar. No entanto, após algum tempo com a nova dona, o animal fez uma boa recuperação.

Publicidade

A britânica considera que tudo o que se passou entre si e Ted foi obra do "destino" e que ambos se salvaram um ao outro.

O nódulo da britânica foi removido em meados de Dezembro de 2014 e, na semana passada, teve a confirmação que o seu cancro não se tinha espalhado a outros órgãos. Josie sofre de uma doença benigna da mama que provoca caroços regulares, geralmente inofensivos. A dona de Ted pretende agora usar o seu exemplo para chamar a atenção de outros donos, defendendo que estes devem estar atentos a qualquer comportamento incomum dos seus #Animais, nomeadamente se chorarem sempre que tocarem em determinada área do corpo. #Curiosidades