Um tribunal no Norte da França tomou uma decisão que vai deixar descontentes os pais que queiram dar aos seus filhos nomes de frutos ou marcas de chocolate. O juiz rejeitou o pedido de duas famílias que queriam chamar às suas filhas Nutella e Fraise (Morango). Nomes de personagens de desenhos animados também já foram rejeitados. Até cães tiveram de mudar de nome.

Quando um casal de Valenciennes tentou chamar Nutella à sua filha, em Setembro do ano passado, o atónito funcionário da conservatória informou imediatamente as autoridades locais, que levaram o caso a um tribunal da cidade. O juiz considerou que dar a uma criança "o nome de uma marca de chocolate" iria contra os interesses da menina, uma vez que poderia dar azo a "gozo e observações desagradáveis", segundo noticiou o jornal La Voix du Nord.

Publicidade
Publicidade

Os pais não compareceram na audiência, em Novembro, e, na sua ausência, o juiz decidiu que a menina deveria ficar o nome de Ella.

O mesmo tribunal de Valenciennes usou argumentos semelhantes em Janeiro deste ano para negar a intenção de outro casal que queria dar o nome de Fraise (Morango) à sua filha. O juiz afirmou que, neste caso particular, a menina poderia enfrentar piadas usando a expressão popular "ramène ta fraise", que significa qualquer coisa como "mexe esse rabo". Os pais optaram então por Fraisine, um nome considerado elegante e que foi muito popular no século XIX.

Os pais franceses podem escolher o nome que quiserem para os seus descendentes, mas o escrivão pode, ocasionalmente, rejeitar algum nome que possa pôr em causa os interesses das crianças. Em 2009, uma família foi impedida de chamar ao seu filho o nome da personagem de desenhos animados franceses Titeuf.

Publicidade

No entanto, a recente onda de crianças que tiveram os seus nomes inspirados em personagens da série Guerra dos Tronos, como Khaleesi ou Joffrey, não parece ter sido rejeitada por nenhum oficial.

Na semana passada, um cidadão do Este da França foi obrigado a mudar o nome dos seus cães porque, alegadamente, faziam lembrar Adolf Hitler e Eva Braun. Depois de uma queixa feita pelo presidente da Câmara de Saint-Nicolas-de-Porto, o dono dos Staffordshire Terrier Americanos teve de passar a chamar Ilisa e Isio aos animais, a quem tinha apelidado de Itler e Iva. #Curiosidades