Nos Estados Unidos da América é comum existirem algumas leis absurdas. Por exemplo, no estado do Alabama é proibido jogar dominó aos domingos, para que as pessoas passem mais tempo com as suas famílias. Mas agora poderá estar a caminho mais uma lei que promete levantar polémica. No estado de Oklahoma, uma proposta de um projecto de lei pretende que o uso de hoodies (as famosas camisolas com capuz) em público se torne punível com uma multa de 500 dólares (aproximadamente 416 euros) e até um ano de prisão.

Segundo Dom Barrington, autor da iniciativa, o projecto de lei tem como objectivo dar resposta às preocupações de segurança que têm surgido, evitando que os criminosos escondam a sua identidade.

Publicidade
Publicidade

O senador acredita que, ao ser aplicada uma coima a quem esconder a sua identidade, poderá tornar os locais mais seguros e impedir o crime e o assédio. O projecto de lei também surge para evitar mortes trágicas como a do adolescente Trayvon Martin, que ocorreu na Flórida em 2012. O jovem, morto pela polícia, foi confundido com um criminoso, precisamente por estar a usar um hoodie na altura em que foi confrontado pelas autoridades.

Argumentação à parte, a proposta está a alarmar os residentes, que já expressaram a sua desconfiança sobre o projecto de lei. Em declarações à KFOR, uma estação de notícias local, um advogado de Oklahoma falou numa "violação do direito do indivíduo de escolher o que quer usar", alegando que nenhuma autoridade deve interferir com ele, "desde que não se viole o reino da decência pública e os valores morais".

Publicidade

O advogado acredita ainda que a situação suscitada pelo projecto de lei poderá ser "muito problemática". Também alguns moradores sentem que os seus direitos estão a ser atropelados, argumentando que os hoodies são peças de roupa funcionais e usadas para manter as pessoas quentes num clima desagradável.

Recorde-se que neste estado têm existido, desde 1920, algumas leis que proíbem especificamente o uso de peças de vestuário que cubram a cabeça. Ao que parece, estas leis foram promulgadas numa tentativa de eliminar os actos violentos cometidos pela Ku Klux Klan (KKK). Contudo, a nova lei aplica-se a todos os moradores - quer estejam envolvidos em actividades criminosas ou não - e não se fica apenas pelos hoodies, fazendo alusão a qualquer tipo de peças de vestuário que cubram a cabeça ou a face.

Além disso, a norma pretende proibir que qualquer indivíduo esconda a sua identidade num lugar público através de "um manto, máscara ou outro disfarce". Neste projecto de lei existem, porém, algumas excepções no uso do vestuário proibido, desde que seja para os seguintes fins: cerimónias religiosas, razões de segurança, dia das bruxas, trajes de circo, entre outros. #Curiosidades