O filme "As Cinquentas Sombras de Grey", concebido a partir do livro do mesmo nome, vai fazer um grande sucesso. Pelo menos é o que esperam os responsáveis de vendas e marketing da B&Q, cadeia inglesa de lojas de decoração e bricolage. Esta empresa fez circular um documento interno para os empregados, acompanhado de exemplares do famoso livro que desvenda os segredos mais íntimos e inconfessáveis da sexualidade. O objectivo é que os funcionários possam responder de forma sensível, útil e com respeito às perguntas dos clientes que procurem artigos para recriar em casa as cenas do filme.

A loja recorda aos funcionários que, aquando do lançamento do livro, notou-se um aumento de vendas e do interesse dos clientes, principalmente por fita-cola, cola e abraçadeiras. Uma das cenas do livro inclui o protagonista a fazer uma compra desse género numa loja semelhante, sendo que os adereços são depois utilizados de acordo com as fantasias do próprio. A B&Q espera que, no mesmo sentido e com a "onda" do filme, novos clientes se dirijam às lojas e peçam "fita-cola como aquela que aparece no filme das Sombras de Grey." A B&Q tem 359 lojas e cerca de 20.000 funcionários, de acordo com o jornal inglês Telegraph.

Publicado em 2011, As Cinquenta Sombras de Grey é um romance erótico que atingiu um sucesso imenso a nível mundial, tornando-se um dos maiores best-sellers de todos os tempos. O Blasting News falou com duas leitoras portuguesas do livro, S.A.P. e R.C. (ambas preferiram ocultar a sua identidade). S.A.P. mencionou que gostou do livro e que experimentou "um ou outro" dos cenários que leu com o seu marido, embora reconheça que, mais do que erótico, o romance é "pornográfico". Já R.C. não ficou tão impressionada, mas sugere que "o livro teve muito sucesso porque tem tantas cenas que acabamos sempre por nos identificar com alguma. Mas não faz muito sentido que uma rapariga vá perder a virgindade com um indivíduo desta forma. É muito exagerado, é como uma caricatura." Nenhuma das leitoras confirmou se irá ver o filme. #Filmes