Hoje dia 16 de fevereiro, terceira segunda-feira de fevereiro, o calendário dos EUA assinala feriado nacional oficialmente em honra do aniversário de George Washington. Porém, a celebração do nascimento do primeiro presidente dos Estados Unidos da América não reúne unanimidade ao longo de cada um dos seus Estados. E, na verdade, dificilmente a maioria dos americanos festeja ou goza este feriado em memória de George Washington.

Dos 51 Estados que compõem os EUA, só os Estados do Maine e de Virgínia designam oficialmente a terceira segunda-feira do segundo mês do ano civil como "O Dia do aniversário do Presidente Washington". Os restantes Estados assinalam a data, apesar de utilizarem diferente terminologias, como o "Dia dos Presidentes ou do Presidente".

E assim, aquele que é reconhecido pelo governo federal dos EUA como o feriado em honra da memória de Washington, é alvo de diferentes interpretações. Ao ponto de ser designado comumente como o Dia dos presidentes pois, de uma forma geral, esta data, mais que celebrar o legado do primeiro presidente dos EUA, honra os legados de todos os 44 presidentes da história norte-americana.

Logo, a forma como o dia dos presidentes é encarada em cada Estado americano varia consoante a região e não há uma prática uniforme. Enquanto nuns Estados se dá lugar à data comemorativa do aniversário de um dos pais fundadores dos EUA, outros optam por celebrar a figura do presidente ao longo da história da nação, ou então por homenagear outros presidentes importantes.

E entre os nomes de antigos presidentes mais homenageados, a escolha recai sobre dois nomes: Washington e Lincoln. Em alguns Estados honra-se tanto Washington, que nasceu no dia 22 de fevereiro, como Abraham Lincoln, que nasceu no dia 12 do mesmo mês. Noutros Estados são homenageados apenas Washington e Thomas Jefferson; em certos Estados, como o Illinois, declara-se o aniversário de Lincoln como um feriado estadual. Mas no caso dos Estados do Sul, nenhum dá especial destaque à figura de Lincoln.

Já em Massachusetts, mais que celebrar-se o aniversário de Washington na terceira segunda-feira do mês de Fevereiro, no dia dos presidentes homenageiam-se os presidentes com ligações à região, como John F. Kennedy, John Adams, John Quincy Adams e Calvin Coolidge.

Por sua vez, noutros Estados faz-se jus ao designado Dia dos Presidentes e não é dado especial destaque à figura de nenhum presidente da história dos EUA em particular, mas honra-se a memória de todos aqueles que desempenharam as funções de chefe máximo da nação.

Esta enorme confusão em volta de um feriado dito federal, que é ou devia ser celebrado a nível nacional, ao ser interpretado de forma diferente por cada um dos seus 50 Estados, deve-se fundamentalmente a duas razões:

- Nunca existiu um acordo universal sobre o nome real do feriado;

- Não existe um acordo uniforme sobre quais os presidentes que estão a ser honrados;

Perante tudo isto, aquela que seria uma data especial para homenagear um dos pais fundadores da nação, é tudo menos isso. Não só não se comemora o aniversário do primeiro presidente dos EUA, como os seus próprios cidadãos se perdem nesta enorme confusão e acabam por, na sua grande maioria, não comemorar rigorosamente nada. #Curiosidades