Um avião da companhia aérea Germanwings despenhou-se, esta manhã, no sul dos Alpes franceses, a cerca de 100 km a norte de Nice. De acordo com informações avançadas pela agência noticiosa Reuters, que cita imprensa local, a bordo do avião, um Airbus A320, seguiam 142 passageiros e 6 tripulantes, 2 pilotos e 4 assistentes de bordo. O voo partira de Barcelona e tinha Dusseldorf, na Alemanha, como destino. 

O voo (4U) 9525 partiu da cidade espanhola às 10h01 e tinha chegada prevista para as 11h49. Desapareceu dos radares por volta das 11h locais, menos 1h em Lisboa. Por volta das 11h de Lisboa, ainda era possível ver o avião da Germanwings a sobrevoar a fronteira entre França e a Alemanha, no mapa de voos que partiram de Barcelona, na página oficial do aeroporto catalão. No entanto, neste momento o registo desapareceu e nos detalhes do voo surge a informação de cancelado. 

Entretanto, os destroços do avião foram localizados por helicópteros da polícia francesa, na região de Digne-les-Bains, perto de Barcelonnette, nos Alpes, mais concretamente na localidade de Prads-Haute-Bléone, segundo avançou o jornal Le Monde, de acordo com informação disponibilizada pela polícia e pelo instituto francês de aviação civil. 

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, já afirmou que existem poucas possibilidades de encontrar sobreviventes, adiantando ainda que para já não são conhecidas as causas do acidente. Foi avançada a informação de que, pouco antes do voo desaparecer dos radares, a tripulação fez um pedido de socorro, por volta das 10h47, o que indicia que poderão ter sofrido problemas mecânicos. Sabe-se que o avião da companhia tinha 24 anos.

O governo francês já activou a célula de crise, para ajudar nas operações, numa região montanhosa de muito difícil acesso. O ministro do Interior francês deslocou-se para o local. Este é o primeiro acidente aéreo em território francês nos últimos 15 anos. Tanto a Airbus como a Germanwings não confirmaram o acidente. A Germanwings é uma companhia aérea alemã lowcost, subsidiária da Lufthansa, que opera entra inúmeras cidades europeias.