A cidade recém-descoberta de Derinkuyu está dentro de uma colina, como uma tartaruga dentro da sua carapaça. Os historiadores afirmam que criar uma cidade escondida dentro de uma colina pode ter sido um mecanismo de defesa contra inimigos. A cidade situa-se na região da Capadócia, na Turquia, e inclui uma notável rede subterrânea. A localidade pode ter abrigado 20.000 pessoas em 18 bairros, com lojas e percursos de escape. Investigadores calculam que a cidade possa ter cerca de 5000 anos.

O mais incrível é que a descoberta foi acidental. O governo turco, com o intuito de criar um projecto de renovação urbana, mandou demolir 1.500 edifícios naquela zona. Durante o processo de remoção do entulho das obras, os trabalhadores daquela empreitada encontraram uma rede labiríntica de construções e canais, relatou o Hurriyet Daily News.

Explorando brevemente esta rede na cidade subterrânea, já foram encontrados canais de água, imensos poços de ar e um ecossistema subterrâneo que poderia ter dado abrigo a milhares de pessoas. Os especialistas teorizaram que pode ter sido uma maneira dos habitantes locais se terem refugiado em subterrâneos quando exércitos ou outra ameaça exterior - como uma catástrofe natural - os tenham ameaçado.

Segundo o National Geographic e os geofísicos da Universidade de Nevsehir, a cidade tem cerca de 5 milhões de metros quadrados e pode ter de profundidade de mais de 100 metros. Mas é apenas uma estimativa, porque ainda não foi totalmente explorada. Por isso não se sabe verdadeiramente a sua grandeza, disse ao National Geographic, Murat Gulyaz, director do Nevsehir Museum.

O presidente da Câmara de Nevsehir, uma cidade vizinha, disse que está totalmente animado com a descoberta e ainda mais com o início do trabalho de exploração. E adiantou que "esta nova descoberta será adicionada como uma nova pérola, um novo diamante, um novo ouro, às maravilhas da região. Quando a cidade for completamente revelada é quase certo que vai mudar radicalmente o destino da Capadócia".

A descoberta parou de imediato o projecto governamental de renovação urbana, porque ocupa para já, mais de metade da área total da urbanização. O responsável pela Administração da Habitação e Ambiente da Turquia classificou a descoberta como "uma cidade subterrânea inesperada" e adiantou que "o projeto ficou parado quando a cidade subterrânea foi descoberta e agora estamos a aceder a passagens de túnel com 7 quilómetros para aceder à cidade". O presidente Unver, que comentava a descoberta, aconselhou o National Geographic a mencionar no título da reportagem "o maior parque antigo do mundo". #História