Foram reveladas novas imagens nas redes sociais de simpatizantes do autodenominado Estado Islâmico. Nessas imagens é possível ver oito corpos, pendurados numa estrutura de ferro, na entrada para a cidade de Hawija, no norte do Iraque. Os cadáveres estão amarrados pelos pés, de cabeça para baixo e alguns apresentam-se vestidos com fardas militares. Os cadáveres ainda não foram identificados, não sendo possível afirmar se entre eles estão soldados iraquianos, apesar de usarem fardas militares.

As imagens foram hoje divulgadas nas redes sociais ligadas ao grupo radical extremista. Numa dessas imagens é possível ver um jihadista a posar de forma triunfante junto dos cadáveres que estão pendurados, de cabeça para baixo, no topo da estrutura metálica na entrada da cidade, na província de Kirkuk.

Publicidade
Publicidade

Junto com os corpos ainda não identificados, aparece a bandeira negra com o símbolo do autoproclamado Estado Islâmico. O gesto poderia ser uma vingança contra as forças curdas que, no mês passado, arrastaram, pelas ruas do norte do Iraque, os corpos de alguns guerrilheiros pertencentes ao Estado Islâmico.

O Estado Islâmico está presente nesta cidade, na província de Kirkut, para preparar ali uma base militar. Esta nova base militar pretende reforçar as forças jihadistas para combater as forças iraquianas. O Iraque está empenhado numa grande ofensiva que permitirá recuperar a cidade de Mossul das mãos dos terroristas. Para essa ofensiva, os Estados Unidos da América estão a treinar as tropas iraquianas, para o sucesso da operação.

Esta é a mais recente acção levada a cabo pelas forças jihadistas, que já esta semana começaram a destruir a cidade histórica de Nimrud, no Iraque, usando escavadoras.

Publicidade

Destruindo assim aquela que é conhecida como a jóia arqueológica do Iraque. Tendo em conta os actos do Estado Islâmico, a rainha da Jordânia não se poupou nas palavras, tendo na quarta-feira apelidado o grupo extremista de "bando de loucos". Alertou também para o facto do grupo estar a manchar o nome do Islão, naquela que é percepção internacional sobre a religião islâmica. #Terrorismo