A Índia prepara-se para receber uma das mais divertidas festas de todo o país, o Holi, também conhecido como o festival das cores. Esta festividade, que tem raízes no hinduísmo, representa a chegada da Primavera e também a homenagem ao deus Vishnu. É um momento celebrado com muita cor, música e alegria. Esta tradição, que conta já com muitos anos de história, acontece sempre durante os meses de Fevereiro ou Março, durante a primeira lua cheia, sendo que este ano o festival acontece a 6 de Março.

De acordo com as lendas, esta festividade representa também a comemoração do bem sobre o mal. Segundo a tradição, o rei dos demónios, Hiranyakashipu, e a sua irmã, Holika, decidiram matar o filho do primeiro, Prahalad, por este continuar devoto ao deus Vishnu, contudo acabam por ser mortos numa fogueira e perdem a imortalidade.

Publicidade
Publicidade

Hoje em dia, a noite anterior à festividade Holi, na Índia, inicia-se com uma fogueira, que simboliza a destruição do demónio de Holika, recriando assim a história.

Apesar de o Holi ser festejado em todo o país, a parte sul da Índia foca a sua celebração mais na religião e nos rituais do templo, enquanto na parte norte, sobretudo nas cidades de Delhi, Jaipur e Agra, a festividade é vivida de uma forma mais eufórica.

Num festival de cor que se espalha por toda a parte, os indianos acreditam que quem estiver disposto a receber água e pó colorido é porque quer uma vida alegre. Assim, as cores devem transmitir alegria e desejos positivos, sendo que cada uma delas tem o seu próprio significado: amarelo, evoca piedade, laranja, optimismo, azul, simboliza a calma, vermelho, representa o amor e a pureza, e o verde é a cor da vitalidade.

Publicidade

Durante esta celebração o povo canta e dança pelas ruas enquanto bebem a bebida típica, o bhang, e se abraça com desejos de "Feliz Holi". Este ritual acontece também em outras localidades, como no Nepal, em que cerca de 80% da população é hindu, sendo feriado nacional no país e onde toda a gente celebra a data apesar da sua religião.