Chama-se Emilie-Lea Hayward e tem quatro anos, vive no Reino Unido numa cidade chamada Beaconsfield. Desde que a mãe deixou de a amamentar nunca comeu outra coisa para além de iogurtes e só gosta de uma marca em particular a Petits Filous. A mãe, Naomi Hayward, explica que a menina recusa qualquer outro tipo de alimento que não sejam os iogurtes desta marca. Em bebé amamentou-a e depois passou para fórmula e quando tentou introduzir mais alimentos a criança nunca quis comer mais nada. Diariamente consome cerca de 30 unidades.

A família acha que é uma situação completamente bizarra e já tentou por várias vezes e de diversas maneiras que a menina comesse outra coisa qualquer, tendo mesmo tentado que essas experiências alimentares fossem feitas em conjunto com as outras crianças no jardim infantil, mas sem qualquer efeito. A menina recusa e faz birra, ficando, segundo familiares, completamente histérica. O hábito custa à família mais de duas mil libras e requer deslocações diárias aos hipermercados.

Os médicos acharam fascinante e Emilie está a ser acompanhada num hospital local. Apesar de ter sido observada por vários médicos e de as suas refeições até agora terem sido só iogurtes açucarados, não foi encontrada nenhuma anomalia nem qualquer problema de saúde nas suas análises. Emilie-Lea é cheia de saúde.

Os psicólogos acreditam que esta fixação alimentar por iogurtes possa ser uma degeneração no cérebro num sector chamado Striatum, que produz um efeito semelhante ao do consumo de drogas. Ao consumir os seus iogurtes Emilie liberta dopamina, o que lhe dá uma sensação de satisfação e de bem-estar. Mas esta degeneração do Striatum, em vez de a fazer gostar mais de um alimento em particular, fá-la gostar apenas dos iogurtes. A marca de iogurtes Petit Filous foi alvo de pesquisa, mas também não foi encontrado nenhum componente que pudesse conduzir as crianças ao vício. A família está contente pela saúde da menina e espera que este tipo de alimentação não venha a causar danos físicos no futuro. Até agora não foi encontrada nenhuma explicação para a sua preferência alimentar. #Curiosidades