Lembra-se do vestido que recentemente se tornou um fenómeno viral na Internet depois da escocesa Caitlin McNeill tê-lo postado no Tumblr com dúvidas relativamente à sua cor? Pois bem, esse mesmo vestido, agora na versão branco e dourado, volta a ser tema de destaque entre os internautas, mas desta vez por uma causa solidária. A instituição de caridade Exército de Salvação de África do Sul fez uso do impacto que esta mesma peça teve nas redes sociais e decidiu usá-la numa campanha contra a violência doméstica. Na imagem divulgada pela filial sul-africana da organização inglesa do Exército de Salvação, através do Twitter, vê-se uma modelo, usando o dito vestido, e cheias de hematomas e nódoas negras.

Publicidade
Publicidade

As mensagens que acompanham a imagem são poderosas, assim pode ler-se que "A única ilusão é se achares que é uma escolha dela", ou até mesmo "Por que será que é tão difícil ver preto e azul". Esta campanha, lançada nas vésperas do Dia Internacional da Mulher, pretende chegar a um público mais jovem, com o intuito de que esta se torne também uma campanha viral na Internet, através da utilização da hastag #StopAbuseAgainstWomem. Uma vez que uma em cada seis mulheres são vítimas, na África do Sul, de violência doméstica, esta campanha pretende também incitar à denúncia.

Porém, esta não é a primeira vez que o vestido, que se tornou de tal forma viral, é utilizado em campanhas de solidariedade. Recentemente, a peça foi também utilizada na sua versão branca e dourada numa acção divulgada através do eBay, o site líder de vendas a nível mundial, cujos lucros angariados serão revertidos para a Operação Nariz Vermelho da África do Sul.

Publicidade

Uma outra campanha ainda, utilizando as mesmas tonalidades do vestido, foi colocada num site específico para leilões beneficentes, o Comic Relief, no qual se espera leiloar o vestido por um valor que rondará os oito mil euros. De recordar que este vestido, produzido pela marca inglesa Roman Originals, antes de todo este aparato nas redes sociais, tinha um custo base de 68 euros.