Natalie Carney e Adam Burton foram pais de Aiden, um bebé que nasce contra todas as probabilidades e... da barriga da tia Jaki. Os óvulos são da mãe, que o pai fertilizou. Mas foi a tia Jaki Burton (exactamente, irmã do pai Adam) que o gerou, como barriga de aluguer. A história é bem mais longa e começa em 2011 quando Natalie, de apenas 21 anos, foi diagnosticada um cancro na cervical. Antes de iniciar os tratamentos, os médicos informaram a jovem que a agressividade dos mesmos deveriam torná-la infértil. E que, por isso, deveria proceder ao processo de congelação dos óvulos. No entanto, este processo seria mais eficaz caso os óvulos fossem congelados já fertilizados com esperma masculino.

Publicidade
Publicidade

Natalie namorava com Adam Burton há apenas cinco meses, o que acrescentaria uma elevado grau de risco ao processo. "Era uma decisão muito importante para tomar tão cedo no nosso relacionamento, e só tinha um mês para a tomar", contou Natalie, em declarações ao jornal britânico 'Mirror'. A dúvida da jovem consistia na possibilidade da relação não ter sucesso: "É preciso o consentimento dos dois para se usar os embriões, por isso se terminássemos, e ele dissesse 'Não', eu perderia a minha única hipótese".

Para esta história com final feliz, naturalmente pesou a decisão de Adam, que não duvidou em dar este passo com Natalie, convencido que a relação deles seria para durar, independentemente da doença e das sequelas da mesma. E, sem duvidar, foram para a frente com os tratamentos e a preservação dos óvulos.

Publicidade

Em Julho de 2012, Natalie terminou os tratamentos de quimio e radioterapia e em Janeiro de 2013 foi considerada curada pelos médicos. Um ano depois, a irmã de Adam, Jaki, começou os tratamentos para se tornar barriga de aluguer do filho do irmão e de Natalie. O tratamento exigia injecções de hormonas diárias para preparar a barriga para receber os embriões.

Em Maio de 2014, descongelaram dois embriões e os dois estavam viáveis para serem implantados em Jaki. E a gravidez aconteceu, para gerar Aiden, que nasceu em Fevereiro. No parto, além de Jaki, também estavam os pais Natalie e Adam. Agora, começa uma nova luta. De acordo com as leis do Reino Unido, a mãe legal é a barriga de aluguer. Por isso, Natalie espera agora por uma ordem legal para se tornar a mãe de verdade, um papel que tem desempenhado, feliz, no último mês. #Família