Se não fossem as festas barulhentas, a mansão de 2 milhões de dólares na costa do golfo da Florida poderia ainda ter a sua escola de formação de strippers a funcionar. A mesma fica dentro de um condomínio privado e exclusivo, e a vizinhança da mansão deixou de tolerar o ruído nocturno da escola. O tribunal de Tampa encheu-se de queixas dos vizinhos sobre as festas barulhentas, regadas de bebidas alcoólicas e com ousados sistemas de som, e reclamações sobre gritos femininos.

O dono e gerente da mansão quebrou e violou as normas e está a ser punido por isso. Sean Grey, um dos gerentes da mansão que agora está para arrendar, também foi acusado pelas autoridades locais de violar as horas de silêncio.

Publicidade
Publicidade

Na segunda-feira, dia 13 de Abril, um juiz rejeitou a fiança. Esta quinta-feira, 16 de Abril, o representante do Código de Execução e do gabinete das autoridades locais, vai reunir-se com o comissário do condado Kevin Beckner para discutir se será necessário aplicar outras medidas para controlar a situação da mansão.

"Se eles tivessem sido mais discretos, continuariam com o seu negócio aberto", disse o polícia de Hillsborough, Phil Acaba, que investigou os acontecimentos na mansão. "O barulho foi o que destruiu o negócio da escola de strip", contou.

O proprietário da escola classificou-a como uma agência para "os melhores dançarinos e modelos exóticos". A mansão é propriedade de Rosa Tati LLC, mas o principal proprietário é o milionário canadiano, Gordon Lownds. Em entrevista nesta segunda-feira, dia 13 de Abril, Lownds disse ao jornal que cessou toda a actividade comercial que existia na casa, de 12.000 metros quadrados, fechando a sua escola de modelos e dançarinos exóticos.

Publicidade

"Estamos conscientes do que podemos e não podemos fazer", afirmou Lownds, garantindo que estão a agir "em conformidade com todos os requisitos da zona".

A mansão é propriedade de Lownds há dois anos, tendo sido comprada em Abril de 2013 por 2 milhões de dólares. O milionário explicou que ele e os seus parceiros estavam a planear filmar um reality-show na mansão sobre o dia-a-dia da vida dos strippers. A ideia vai ter que ficar em pausa e aguardar pela decisão da audiência sobre as violações, que está agendada para dia 24 de Abril. #Curiosidades