Já passou mais de uma semana desde a tragédia com o Airbus 320 da Germanwings, com destino a Düsseldorf, que se despenhou nos Alpes Franceses a 24 de Março. Contudo, surgem agora novas informações sobre Andreas Lubitz, decorrentes da investigação que está a ser realizada. De acordo com a CNN, Christoph Kumpa, procurador alemão responsável pelo caso, afirmou esta quinta-feira, dia 2, que, após ter sido realizada uma análise ao computador pessoal do co-piloto verificou-se que este fez pesquisas relacionadas com métodos para cometer suicídio nos dias que antecederam o fatídico acidente.

Além disso, Kumpa referiu ainda que, pelo menos uma vez, também terá sido feita uma pesquisa online durante vários minutos relacionada com as portas de cockpit e com os seus mecanismos de segurança.

Publicidade
Publicidade

Por outro lado, o histórico dos dados de navegação também revelou que Lubitz procurou por tratamento médico. Estas pesquisas foram realizadas no período entre 16 de Março e 23 de Março. Tendo em conta estes novos dados, a tese de que o acidente foi premeditado intensifica-se.

Além disso, a CNN noticia que Lubitz tinha muito receio de perder a sua licença de piloto e, por esse motivo, visitou, pelo menos, cinco médicos diferentes. Os médicos informaram Lubitz de que teria que fazer uma pausa no trabalho, passando inclusivamente uma baixa médica, mas o co-piloto continuou no activo.

Encontrada a segunda caixa negra do avião

Esta quinta-feira também houve mais desenvolvimentos. Os investigadores no terreno descobriram a segunda caixa negra do Airbus A320 da Germanwings. Desta forma, espera-se que estas descobertas tragam novas informações, de modo a perceber o que se passou exactamente no voo da Germanwings que fazia a ligação Barcelona-Düsseldorf.

Publicidade

A descoberta da primeira caixa negra demonstrou o que mais se temia: o acidente foi causado deliberadamente. Através da mesma foi possível perceber que Andreas Lubitz trancou por dentro a porta do cockpit impedindo, assim, a entrada do piloto, que tinha saído para ir à casa de banho.