Gisele Bündchen efectuará esta semana o seu último desfile que não terá, por opção própria, a presença de seu marido e filhos. A São Paulo Fashion Week fecha a sua carreira que já dura há 20 anos. Gisele, numa entrevista ao jornal "Folha de São Paulo", diz: "aprendi a compreender os sinais do meu corpo e ele pediu-me para parar, a vertente do meu trabalho nas passerelles é um livro que irei concluir". Afirma que, apesar de muitos pedidos de estilistas, a São Paulo Fashion Week vai ser o seu último desfile e sente-se grata por ter o privilégio muito grande que é o de poder parar.

Relembrando os seus primeiros desfiles, que tiveram lugar no Brasil, no Morumbi Fashion (que veio a originar a Semana da #Moda), Bündchen diz que poder terminar as passerelles no mesmo evento onde a sua carreira começou é uma espécie de homenagem e uma maneira de conseguir prestigiar a Colcii que é sua grande parceira há vários anos, mas não quer a presença do seu marido nem dos seus filhos no seu último desfile. De acordo com a coluna do jornal "O Globo", o final da sua carreira nas passerelles será assistido pelos seus pais e pelas cinco irmãs. #Famosos



A modelo explica que não vai ser uma saída completa do mundo da moda e não vai deixar de fazer trabalhos, apenas deixará de desfilar na passerelle. Deseja, acima de tudo conseguir criar mais espaço e sobretudo tempo para a sua família, mas também deseja conseguir realizar outros projectos. Um deles é a participação numa nova novela das sete que irá começar em breve na TV Globo, ainda sem título. Ainda poderemos vê-la este ano nos cinemas, pois a sua vida será retratada num documentário. Para além dos projectos futuros, Gisele vai lançar um livro com as suas duas décadas de trabalho.


Gisele é modelo, actriz e empresária, e foi durante vários anos a modelo mais bem paga do mundo, batendo as suas rivais da altura Kate Moss e Claudia Schiffer. Ganhou vários prémios de revistas como a Claire, Vogue, Time, Rolling Stone e Vanity Fair. Teve participação em vários trabalhos cinematográficos, tais como "O Diabo veste Prada" e "Taxi" o que, ao contrário do que habitualmente acontece a outras modelos, não desvalorizou a sua carreira. Foi e ainda é considerada uma das mulheres mais bonitas do mundo, e a única que os críticos dizem que se pode chamar de supermodelo. Desde o ano de 2009 que é casada com Tom Brady, jogador e celebridade de Futebol Americano, com quem tem dois filhos, Benjamim e Vivian.