A modelo e atriz paraguaia Rossi Recalde, de 22 anos, foi alvo de um espancamento brutal. A jovem acusa o ex-namorado Jose Luis Salmon, futebolista do Deportivo Capiata, no Paraguai, de ser o autor deste ataque. Será mais um caso de violência doméstica, em que o suspeito não terá aceite bem o final do relacionamento amoroso. Jose Luis Salmon terá telefonado à ex-namorada na noite anterior ao ataque, ameaçando a jovem de que tornaria públicas algumas trocas de mensagens do casal, a menos que ela tivesse um encontro amoroso com ele. Rossi terá recusado, o que despertou o lado mais violento do jogador de futebol.

Na manhã seguinte, inconformado com a recusa da modelo, o futebolista de 22 anos, terá aparecido, de surpresa, na casa da jovem.

Publicidade
Publicidade

Rossi Recalde, que já teria terminado a relação de seis meses com Salmon devido ao comportamento mais violento do jovem, que lhe terá destruído algumas peças no apartamento, voltou a sentir o comportamento agressivo do ex-companheiro.

Assim que ela abriu a porta de casa, o suspeito terá puxado Rossi para o exterior, tentando-a persuadir aos seus intentos. Perante nova recusa em ter relações sexuais com o futebolista, Salmon terá espancado a jovem, sobretudo na zona do rosto, partindo-lhe o nariz, deixando-lhe os olhos negros e o lábio cortado. Com a jovem inconsciente, ele terá abandonado o local e a modelo só foi assistida minutos depois, quando alguns vizinhos a encontraram caída na rua.

Em declarações citadas no jornal britânico "Mirror", Rossi Recalde descreve o incidente: "Ele queria que eu fosse a casa dele, ter sexo com ele, e ameaçou-me com algumas trocas de mensagens. Mas, eu disse-lhe para ele me deixar em paz, que fizesse o que quisesse. E ele começou a bater-me de uma forma tão forte, que eu caí ao chão. O meu nariz sangrava, a minha boca também. Agora, tenho o nariz partido e a cara cheia de feridas".

Jose Luis Salmon está agora acusado deste crime de violência doméstica, acusações que recusa; caberá à justiça desvendar se terá sido ou não ele o autor destas agressões.

Publicidade

A jovem pede proteção policial e diz "temer pela vida". Em declarações ao jornal paraguaio "Churero", Rossi Recalde acusa o ex-namorado de ser "bêbedo e agressivo" e desabafa: "Oxalá a justiça me resguarde deste rapaz, por que eu preciso seguir com a minha vida".