Luis Alberto Nicolás Pérez, candidato independente que concorre pelo PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol), decidiu servir-se da polémica e, numa arrojada tentativa de chamar a atenção dos eleitores, apareceu completamente despido nos cartazes da campanha eleitoral, em fotografias de frente e de costas, onde a única coisa que tapa os seus órgãos genitais é uma rosa, símbolo do partido.

Para além disso, adicionou slogans desafiantes aos cartazes, como por exemplo "Sou melhor do que tu e sabes disso. E se achas que não, desmente-me", ou garantias de ser "transparente" e de não ter "contas na Suíça, nem em Andorra", nem ter "ganho a lotaria do Natal".

Publicidade
Publicidade

Luis Alberto Nicolás Pérez quis, assim, reunir mais votos do que aqueles que tinha reunido aquando das últimas #Eleições pelo PSOE, onde concorreu para o cargo de vereador da câmara de Meruelo, na região da Cantábria, câmara, essa, conquistada sucessivamente pelo PP (Partido Popular), que ganha com maioria absoluta há mais de 25 anos.

Entretanto, a direcção regional do partido já veio mostrar o seu desagrado e, segundo alguns jornais espanhóis, nega ter dado permissão para tal, pedindo a Luis Alberto Nicolás Pérez para retirar os cartazes. A direcção regional defende que "esta não é a forma de fazer campanha eleitoral do PSOE". Contudo, o candidato garante que consultou o partido antes de avançar, afirmando: "Avisei-os de que, senão fazia isto, não teriam candidato. No final, deram-me autorização, porque viram que as fotografias não são ofensivas".

Publicidade

Além do mais, a campanha foi paga pelo próprio, e os cartazes foram criados com a ajuda de alguns amigos, acabando mais tarde por ser retirados das ruas da cidade de Meruelo.

O político já fez saber que não vai ficar por aqui, já que tem mais imagens polémicas para divulgar, durante a sua campanha. Uma coisa é certa. Esta primeira fase da sua candidatura foi um sucesso, uma vez que as redes sociais trataram inevitavelmente do resto e o político, através das imagens, conseguiu realmente fazer jus ao seu lema que trata de "Trasparencia, Solidaridad, Imaginacion". #Política Internacional