A Rússia prepara-se para discutir o programa de educação patriótica dos cidadãos, cuja implementação tem um custo estimado de 30 milhões de euros. O programa foi desenvolvido pela agência federal para os assuntos da juventude RosMolodezh na sequência das complicações geopolíticas recentes. Nomeadamente a intensificação da concorrência dos centros políticos e económicos mundiais, bem como o surgimento e a expansão de áreas de instabilidade e conflitos armados perto da fronteira russa.

Os autores do programa denominado "Educação Patriótica dos Cidadãos da Federação Russa para 2016-2020" acreditam que este trará mudanças significativas para a educação de todas as faixas etárias. A par do reforço do sentimento de orgulho e respeito por símbolos e monumentos estatais, o número de cidadãos orgulhosos do seu país vai aumentar 8%. Para além disso, o número de recrutas militares vai crescer 10%, bem como a participação do público em eventos da defesa nacional.

"As tentativas dos rivais geopolíticos de usar os problemas socioeconómicos para desestabilizar a situação política no país tornam necessário um aumento do nível de prontidão dos cidadãos russos para proteger os interesses nacionais da Rússia, não só nas forças armadas, mas também no serviço público, no local de trabalho e na esfera pública, o que, por sua vez, implica um novo nível de exigência no processo de educação patriótica dos cidadãos russos de todas as idades", explicaram os criadores do projeto ao jornal russo Izvestia.

O processo de fortalecimento do espírito patriótico na Rússia compreende várias etapas.

Publicidade
Publicidade

Em primeiro lugar, será feita uma recolha e análise de experiências semelhantes bem-sucedidas para a posterior preparação de materiais formativos a aplicar no país. De seguida, prevê-se a realização de fóruns, conferências e outras atividades temáticas a fim de reafirmar o orgulho da população em geral nas conquistas históricas e contemporâneas da Rússia. A criação de um sistema de educação militar contínuo, bem como a organização anual de um evento de procura e melhoria de monumentos e túmulos militares visam reforçar a interação com os mais jovens. Por fim, procura-se ainda implementar um sistema informativo sólido através da criação de filmes, programas radiofónicos e televisivos e todo o tipo de materiais destinados à educação patriótica dos cidadãos russos. #Política Internacional

O programa proposto foi publicado no website projetado para discussão pública e, caso seja aprovado, os ministérios da Educação, da Defesa e da Cultura darão início à sua implementação a partir de 2016.