A queda do Airbus A400M provocou a morte de três cidadãos espanhóis, ferimentos graves em dois indivíduos, existindo, para já, o mesmo número de desaparecidos, todos com a mesma nacionalidade. O acidente ocorreu muito perto do Aeroporto de Sevilha, num momento em que o aparelho estava a ser alvo de testes e que acabou por chocar com um poste de alta tensão.

O país vizinho vive, assim, momentos trágicos quando, na memória, ainda está o choque vivido com a queda alegadamente propositada do avião da Germawings nos Alpes frances, em Março deste ano, que, entre outras vítimas, provocou o falecimento de 45 cidadãos, incluindo 16 adolescentes e duas professoras de origem espanhola.

Publicidade
Publicidade

Em homenagem, o governo de "nuestros hermanos", liderado por Mariano Rajoy, decretou três dias de luto.

Antes, no início deste ano, os espanhóis ficaram sobressaltados depois de um F-16 grego ter caído na base militar de Llos Llanos, em Albacete. Como consequência, morreram dois tripulantes gregos e oito franceses, além dos 19 feridos registados. Num tom mais ligeiro, e caricato, foi o facto de o voo da Iberia ter de voltar ao Aeroporto de Guarulhos, localizado em São Paulo, no Brasil, depois de alguns danos provocados, ao ser atingido por um pássaro, no final de Abril deste ano.

O Desastre de Tenerife

Em Agosto de 2008, o acidente ocorrido em Madrid provocou 147 mortos e ferimentos em 26 pessoas, enquanto que, em Fevereiro de 1985, o choque do avião da Iberia com a antena de telecomunicações da Euskal Telebisca originou 148 vítimas mortais - Gregorio López-Bravo, ministro nos tempos do general Franco, era um dos passageiros - , mas mais grave foi a colisão de dois Boeing 747, da KLM e da Pan AM, que ditou o falecimento de 583 cidadãos e ferimentos em 61 indivíduos, naquele que ficou conhecido como o Desastre Aéreo de Tenerife.

Publicidade

Aterragem forçada em Portugal

Também a aviação militar viveu, em Portugal, momentos de pânico no final de Março deste ano, com a aterragem forçada da Epsilon-TB-30, em Monte Real, mas os dois tripulantes conseguiram escapar do acidente ilesos. #Acidente de Aviação