Em Agosto de 2013, houve uma massiva popularidade de um vídeo colocado na internet por Kimberley Wookey que documentava estranhos "sons de trompetes". Kimberley afirmou então que não se tratava "nem de uma montagem, nem de um truque", mas que era apenas uma gravação dos sons que ouvira "numa manhã". Na altura, Kimberley disse que era segunda vez que tinha ouvido esses sons em Terrace, Canadá.

Mas a cidade de Terrace apresentou uma versão oficial dos sons: numa declaração foi dito que se tratariam de sons provenientes de "trabalhos públicos de manutenção na infraestrutura subterrânea"; nessa declaração também foi dito, citando a CBC News Canada, que iria ser apresentada uma recriação desses sons para provar esta tese. Ate hoje, a cidade de Terrace não apresentou a prometida contra-prova.

E em 6 e 7 de Maio de 2015, a senhora Wookey e duas outras pessoas publicaram outra vez um vídeo onde tinham registado os mesmos sons de "trompetes no céu". A autora do vídeo apresentou uma explicação racional para o fenómeno: "Não acredito que se trate de um fenómeno religioso, extraterrestres, comboios, construção, trabalhos; eu acho que se trata de um fenómeno geofísico", disse no canal WND.

Mas mais uma vez, a cidade de Terrace voltou a sustentar que se tratam de sons associados à construção na infraestrutura subterrânea da cidade. Mas sem demonstrar qualquer prova acerca disso.

Um outro vídeo, do autor KatCatKC, faz uma montagem de vários vídeos onde demonstra que estes sons são iguais, ou muito semelhantes, em diferentes partes do mundo: Bielorrússia (2008); Ucrânia (2011); Montana e Texas, EUA (2012), Áustria (2012); Terrace, Canadá (2013); Alemanha (2015).

Verdade ou não, e reservando-se todas as explicações e hipóteses, o facto é que pelo menos este vídeo desencadeou um massivo crescimento no turismo para Terrace, disse a cadeia de notícias Rense. Porque, curiosamente, um site 'observador de OVNI' (UFO B*C, Canadá), classifica a cidade de Terrace como sendo o 3º local em credibilidade de testemunhos sobre ovnis.

O tema alienígena não deixa de ser apelativo. Recentemente, o Blasting News noticiou um popular caso de um jovem norte-americano, Daniel Bowman, que terá gravado alegados sons extraterrestres de um balão de ar, lançado para a atmosfera. A gravação foi analisada pela NASA, que não apresentou uma explicação. #Curiosidades