Port Elizabeth, em África do Sul, foi o cenário de mais uma cena digna de filme. Três mulheres num BMW preto pararam o automóvel para pedir direções. Quando o homem se aproximou, foi puxado para dentro, obrigado a ingerir uma substância não identificada e violado repentinamente. Tudo para 'roubarem' o seu sémen.

Depois de sequestrarem o homem à mão armada, deslocaram-se 500 metros do local e violaram-no várias vezes. O sémen recolhido pelas agressoras foi guardado com o maior cuidado em sacos de plásticos e colocados numa geleira, para preservar. Quando as três mulheres consideraram que a missão já estava cumprida, abandonaram o homem numa estrada, conta a publicação norte-americana 'Daily Mail'.

Publicidade
Publicidade

A estratégia adotada pelas três agressoras segue os padrões do método que tem sido utilizado na província de Gauteng, onde as mulheres obrigam o homem a beber uma droga não identificada de uma garrafa e, posteriormente, roubam o seu sémen. No entanto, ainda não foram feitas detenções no âmbito deste fenómeno.

Mncedi Mbombo, porta-voz da polícia, afirmou ao Sowetan Live que o homem de 33 anos estaria a dar indicações quando foi abordado por uma mulher com uma arma e que o obrigou a entrar dentro do BMW preto. Pouco depois, estava a ser agredido, obrigado a ingerir uma droga não identificada e violado sucessivas vezes. Depois de recolher o sémen, foi abandonado.

A polícia africana já está a investigar o caso. De acordo com declarações de fontes ligadas às autoridades de África do Sul, o homem encontra-se "traumatizado" e "com medo", tendo estado consciente durante esta experiência traumática.

Publicidade

Os relatos de experiências idênticas têm-se sucedido, sobretudo desde 2009, altura em que surgiram os primeiros relatos de três mulheres a atuar em moldes semelhantes. Na altura, os testemunhos circunscreveram-se ao Zimbabué, sendo que as três agressoras foram, à época, apanhadas pela polícia com uma bolsa cheia de preservativos usados.

As primeiras detenções referem-se a 2011, dois anos depois de começarem a surgir os primeiros relatos no país. Um acidente de viação foi o que espoletou o início da investigação. #Crime #Violência