Dois criminosos abriram um buraco numa das paredes de aço das suas celas e conseguiram fugir da Clinton Correctional Facility, uma prisão de alta segurança em Nova Iorque, EUA. Quando inspeccionaram as celas dos fugitivos, as autoridades descobriram um post-it com uma mensagem deixada por um dos presidiários. Mais de duas centenas de polícias americanos estão a patrulhar a cidade em busca dos dois indivíduos. Ambos os homens estavam a cumprir pena por homicídio, pelo que são considerados perigosos pelas autoridades.

Ainda não se percebeu como é que Richard Matt e David Sweat, de 48 e 34 anos, respectivamente, conseguiram fugir das suas celas. O plano mostra ter sido bastante elaborado, até porque recorreram a ferramentas eléctricas para conseguirem fazer um buraco e encontravam-se em celas separadas. A #Polícia está a investigar como é que os criminosos tiveram acesso a tais ferramentas e como conseguiram executar o seu plano sem que os guardas prisionais dessem conta. Enquanto as investigações estão em curso, as autoridades norte-americanas percorrem as ruas da cidade em busca de pistas que os levem aos criminosos.

Os dois presidiários foram vistos pela última vez na passada sexta-feira pelas 22:30 horas aquando da contagem dos prisioneiros, que é feita todos os dias pela mesma hora. Contudo, não se sabe bem a partir de quando é que eles fugiram visto que recorreram a camisolas com capuz com objectos dentro para enganarem os guardas, ao darem a impressão de que estavam a dormir. O alerta da fuga foi dado pelas 5:30 horas da madrugada de sábado e desde então as buscas ainda não terminaram.

Matt e David embora não partilhassem o mesmo espaço, as suas celas eram lado-a-lado, recorreram a ferramentas eléctricas que permitiram abrir um buraco suficientemente grande para que lá coubessem. Depois do buraco feito foi só "navegar" pelos canos até encontrar os túneis que os levariam à liberdade, ainda que involuntária.

Andrew Cuomo, governador, diz que a fuga "foi elaborada e sofisticada", segundo a CNN. Um dos fugitivos deixou ainda uma mensagem aos guardas prisionais num post-it com uma mensagem simpática e, quiçá, sarcástica: "Tenham um bom dia".

Domingo, dia 7, a polícia montou uma grande operação com helicópteros, mas, até agora, ainda não obteve evoluções no caso, pelo que a população deve ficar em alerta. Segundo o governador, "são dois indivíduos perigosos, um foi preso por ter matado um xerife".