Passavam poucos minutos das 18h30, hora portuguesa, desta terça-feira, dia 17 de Novembro, quando um avião da British Airways aterrou, em segurança, no aeroporto de Logan em Boston, Massachusetts. No aeroporto estavam já as autoridades locais, que tinham sido chamadas ao local devido a um incidente ocorrido em pleno voo. Um passageiro, descrito como "descontrolado", terá tentado abrir uma das portas do aparelho, sendo detido no avião após o ocorrido. O incidente ocorreu no voo 213 da British Airways, que partiu do aeroporto de Heathrow, Londres, com destino ao aeroporto internacional de Logan, em Boston.

De acordo com declarações oficiais publicadas no Twitter da Massachusetts State Police, o suspeito, uma mulher com aproximadamente 30 anos, já estava detido no voo.

Publicidade
Publicidade

Apesar do momento de tensão vivido actualmente a nível internacional, neste caso não há ligações a nenhum ataque terrorista, informa a mesma fonte da polícia americana. Tratou-se, sim, de uma mulher num elevado estado de embriaguez que tentou abrir uma das portas do avião, contrariando o que alguns meios de comunicação social já teriam dito, como o facto de a mulher ter tentado invadir o cockpit do avião. Tanto a mulher como os outros passageiros e tripulação já foram interrogados pelas forças policiais de Massachusetts, podendo a suspeita enfrentar acusações por ter interferido com a tripulação e o funcionamento do voo.

Em declarações, a Federal Aviation Administration informou que a passageira estaria retida no avião depois de, alegadamente, ter tentado abrir uma das portas de saída, o que se veio a revelar verdade, apesar das declarações iniciais da British Airways dizerem que a suspeita teria tentado entrar no cockpit do avião.

Publicidade

Uma porta-voz da British Airways acrescentou que "A nossa tripulação pediu à polícia que fosse ao encontro do avião devido à presença de um passageiro desobediente a bordo. Os nossos clientes e tripulação merecem ter um voo seguro e apreciável e nós não toleramos comportamento abusivo". #EUA #Acidente de Aviação