A cidade de Barnaul, com 700 mil habitantes, prepara-se para eleger em breve o seu novo presidente da Câmara. Uma sondagem online que decorre este mês no site altai, indica que até ao momento 5400 pessoas já revelaram a sua preferência. Neste momento, o candidato surpresa, claramente favorito a vencer as eleições e reunindo 91 % dos votos, é Barsik... um gato. A população local considera que esta é a melhor opção para combater a corrupção no poder local. 

Igor Savintsev, presidente da cidade desde 2010, renunciou em agosto passado após ser acusado de abuso de poder. Terá vendido um terreno municipal para empresas geridas por membros da família para custos muito mais baixos do que o mercado, causando um prejuízo de mais de 11 milhões de rublos (€ 143.000) nas contas da cidade

"As pessoas já não sabem em quem acreditar, e chegaram à conclusão de que não podemos confiar nas autoridades", revela Evgeny Kuznetsov, um reformado de Barnaul. Estas eleições contam com 6 candidatos oficiais, mas não é nenhum deles que está na frente.

Publicidade
Publicidade

É o surpreendente gato que pode ver a sua candidatura legalizada a qualquer momento. 

Campanha de propaganda e encontro com... Putin

Uma campanha de crowdfunding foi lançada para permitir que Barsik tenha os seus próprios cartazes eleitorais no centro de Barnaul. O Altai Online refere que  Barsik pode, com a ajuda de um jornalista, colocar uma pergunta para o presidente Vladimir Putin durante a conferência de imprensa anual quinta-feira. "Eu tenho a certeza que vai atrair a atenção, resolver os nossos problemas locais e atrair investidores ", escreve o Altai online, em nome de ... Barsik!

Outros animais políticos

A situação de Barsik pode ser inédita na Rússia, mas não a nível internacional; aliás, houve até já alguns exemplos de #Animais apontados a cargos políticos.  A título de exemplo, vale a pena referir os casos de Bosco, um cão Labrador / Rottweiler, que foi Mayor honorário, entre 1981 e 1994, em Sunol , na Califórnia (Estados Unidos); e de Morris, o gato candidato a Mayor em 2013, em Xalapa (México).

Publicidade

#Política Internacional #Insólito