Dois dias antes do seu aniversário, Kim Jong-un, o ditador da República norte-coreana, encomendou o teste do que se diz ser a primeira bomba H do regime de Pyongyang. Foram registados sismos na Coreia do Norte, o que terá sido provocado pelo teste nuclear, o primeiro com sucesso. A confirmação foi dada pela Coreia do Norte hoje, quarta-feira, 6 de janeiro. O Conselho de Segurança das Nações Unidas convocou uma reunião de emergência, considerando o teste uma violação inaceitável das resoluções da ONU. A China, que é um aliado forte da Coreia do Norte, opôs-se ao teste.

A notícia foi fornecida pelo regime de Pyongyang, afirmando que, “com o sucesso total da histórica bomba-H, juntámo-nos ao grupo de Estados nucleares avançados” e que o teste foi realizado por um dispositivo miniaturizado.

Publicidade
Publicidade

O teste foi realizado às 10:00 (01:30 hora de Lisboa) de 6 janeiro de 2016, baseado na determinação estratégica do Partido dos Trabalhadores”.

Contudo, o Japão afirma não ter detectado radiação em qualquer dos pontos de monitorização. Por isso os peritos no assunto duvidam da capacidade de Pyongyang testar uma bomba H, porque o impacto da detonação deveria ter sido muito maior do que o registado.

Porém, em dezembro do ano 2015, durante uma inspecção militar, Kim Jong-un sugeriu ter a bomba H, mas os peritos ficaram cépticos. Segundo a BBC, este foi o 4º teste desde 2006. E outros afirmam que se Pyongyang tivesse miniaturizado a bomba H, esta seria mais complexa e teriam sido mais convincentes, afirmando que fabricaram uma maior.

Esta notícia foi transmitida pelos canais oficiais do regime de Pyongyang.

Publicidade

A comunidade internacional ainda não confirmou o teste da bomba H. 

O que é uma bomba de hidrogénio? A bomba H é uma designação vulgarmente dada à bomba termonuclear, ou seja, é uma bomba que pode ser 50 vezes maior do que uma bomba nuclear. O ponto desta questão baseia-se no facto de ainda não conseguirmos controlar as temperaturas altíssimas, de cerca de mais de 100 graus Celsius, que esta bomba consegue provocar.

A primeira bomba do género a ser testada surgiu nos EUA em 1952. Em 1961, foi a Rússia a experimentar a bomba mais poderosa, a “Tsar Bomba” de 57 megatons. 

A bomba H ou termonuclear utiliza a enorme potência que resulta da fusão dos núcleos do hidrogénio, ao contrário da fissão atómica convencional das primeiras bombas desenvolvidas e lançadas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki em 1945.

Assim, a potência da bomba H é milhares de vezes maior que a dos artefactos nucleares originários. #Política Internacional