Uma avalanche na estância de esqui de Deux Alpes, no departamento francês de Isère, provocou a morte de dois jovens, de 14 e 16 anos, e de um turista de nacionalidade ucraniana. Há notícias que dão ainda como desaparecidas outras cinco pessoas. Várias outras pessoas ficaram feridas com gravidade e tiveram de ser hospitalizadas. A tragédia aconteceu na tarde desta quarta-feira, 13 de Janeiro, num momento em que a estância estava encerrada devido à intensa queda de neve.

De acordo com um comunicado da prefeitura de Isère, a avalanche surpreendeu 10 adolescentes e um professor do liceu de Saint-Exupéry, de Lyon, que estavam a efectuar uma viagem escolar.

Publicidade
Publicidade

Dois dos alunos, de 14 e 16 anos, morreram e o professor teve de ser socorrido e transportado para o hospital universitário de Grenoble. A avalanche provocou ainda a morte de um turista esquiador, de nacionalidade ucraniana. O mesmo comunicado oficial, emitido cerca de cinco horas depois da ocorrência, dava conta que estavam a decorrer operações para identificar outras potenciais vítimas.

Segundo o jornal Le Monde, não havia participação de qualquer desaparecido, por parte de algum familiar, no entanto as autoridades queriam garantir que ninguém estivesse soterrado na neve.

A prefeitura de Isère informou, no mesmo comunicado, que o socorro às vítimas mobilizou mais de 80 pessoas, entre as quais agentes de polícia de alta montanha, equipas com cães de busca e salvamento, instrutores da própria estância de esqui, bem como vários helicópteros, um deles ambulância equipado com uma câmara térmica.

Publicidade

Quanto aos alunos, o Le Monde noticiou que iam regressar à noite, de autocarro, ao liceu Saint-Exupéry, onde deveriam ser recebidos pelo ministro da educação, Najat Vallaud-Belkacem. Foram accionadas também duas unidades médico-psicológicas, uma na própria estância de esqui dos Alpes franceses e outra em Lyon, a fim de prestar acompanhamento aos sobreviventes e familiares das vítimas, bem como criado um número de telefone de emergência para prestar informações. #Catástrofes Naturais