Idriss Déby, presidente do Chade desde 1990, foi eleito novo presidente em exercício da União Africana (UA) no último sábado, dia 30 de Janeiro, à margem da abertura da Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da UA, que decorreu sobre o lema "2016: ano africano dos Direitos Humanos, em particular para os Direitos das Mulheres“, em Adis Abeba, capital etíope e sede daquela organização Pan-Africana. Déby ocupará a presidência rotativa da organização durante um ano.

Déby sucedeu na presidência da União Africana (UA) ao seu homólogo e chefe de Estado de Zimbabué, Robert Mugabe, um dos mais antigos chefes de Estado africanos, no poder desde 1980. 

Nascido em 1952, Déby conquistou o poder através de um golpe de Estado militar, derrubando o regime de Hissene Habré e tendo levado o país a uma democracia.

Publicidade
Publicidade

Em 1996, foi democraticamente eleito nos primeiras eleições do país como presidente do Chade, antiga colónia francesa que alcançou a sua independência a 11 de Agosto de 1960, o ano historicamente reconhecido como ano de África.

O agora eleito presidente da UA é uma das personalidades influentes na luta contra a ameaça do grupo extremista islâmico Boko Haram, que tem intensificado vários ataques em território nigeriano e em outras nações dos grandes lagos como Mali e Camarões, vitimando muitas vidas de civis e militares, destruindo deste modo as infra-estruturas sócio-económicas e culturais daqueles países africanos e contribuindo para a deslocação massiva da população das zonas de conflito para outros países vizinhos e do mundo em geral em busca de exílio e da segurança nas suas vidas.

Segundo Déby, "o aumento do terrorismo no mundo, e em particular em África, impõe que unamos as nossas forças, a solidariedade face ao fenómeno não deve resumir-se a palavras", afirmou aquele timoneiro da União Africana num breve discurso após a sua eleição.

Publicidade

De recordar que a União Africana (UA) foi criada a 11 de Julho de 2000, resultante de uma substituição da antiga Organização da Unidade Africana (OUA), fundada a 25 de Maio de 1963, em Adis Abeba, envolvendo 30 Chefes de Estados e de Governo africanos. #Política Internacional