A lista dos maiores navios de cruzeiro do mundo não pára de crescer e quase a cada mês sofre actualizações. Se o Titanic ainda navegasse já estaria de fora dos 50 maiores navios do mundo. A tendência é para construir navios cada vez maiores, revela o blogue Cruzeirosjorge.

A corrida aos principais estaleiros europeus não parou no ano passado com a ordem de novas construções, principalmente por parte das maiores organizações navais da indústria. 

Neste ano de 2016 devem entrar nos mares dos 5 continentes os navios AIDAprima, Carnival Vista, Genting Dream, Ovation of the seas, Harmony of the seas, Koningsdam, Seven Seas Explorer, Mein Schiff 5, Viking Sea e Seabourn Encore. 

As entregas mais longínquas conhecidas até ao momento apontam para o ano de 2022, com o segundo navio para a Virgin Cruises, que no futuro também estará presente na indústria naval, o que reflete que esta acaba por dinamizar a economia dos países onde estes gigantes são construídos.

Publicidade
Publicidade

No 1º e 2º lugar da lista dos maiores navios do mundo surgem o Allure of the seas e o Oasis of the seas da Royal Caribbean International, que têm 225282 toneladas, tendo capacidade para 6400 passageiros e um comprimento de 360 metros. De boca têm 47 e 2706 cabinas, enquanto o ano de 2009 representou as suas entradas no serviço marítimo.

A Royal Caribbean International volta a colocar os seus navios de cruzeiro no último lugar do pódio e no quarto posto, através do Quantum of the seas e do Anthem of the seas, que possuem 168666 toneladas, capacidade para 4905 passageiros, 347 metros de comprimento, 41 de boca, com um total de 2090 cabinas e tiveram a sua entrada ao serviço nos anos de 2014 e 2015, respectivamente.

Já no quinto posto aparece o navio Norwegian Escape da Norwegian Cruise Lines com 154600 toneladas, podendo levar 4248 passageiros, tendo o comprimento de 326 metros e 41 de boca.

Publicidade

Quanto às cabinas, tem 2124 e a sua entrada ao serviço aconteceu no ano transacto.

A Norwegian Cruise Lines cimenta a sua posição neste campeonato dos gigantes dos mares com o Norwegian Epic, que pesa 155873 toneladas, com capacidade para 5183 passageiros. O seu comprimento é de 329 metros e 40.6 de boca. Entrou ao serviço no ano de 2010 e totaliza 2114 cabinas.

Na sétima, oitava e nona posição surge novamente a companhia Royal Caribbean International, através dos seus navios Freedom, Liberty e Independence of the seas, com 154407 toneladas, podendo levar nas suas #Viagens marítimas 4375 passageiros, dispondo de 1817 cabinas e um comprimento de 339 metros e 39 de boca. As suas entradas ao serviço remontam os anos de 2007, 2008 e 2009 respectivamente.

O Queen Mary 2 da Cunard fecha o “top-ten” da lista dos 10 maiores navios de cruzeiros do mundo, com um total de 148528 toneladas, tendo a capacidade para transportar 2592 passageiros. O seu comprimento é de 345 metros e 41 de boca. O número de cabinas é mais reduzido face aos seus adversários directos, ficando-se pelas 1126.

Publicidade

O ano de 2004 marcou o seu início de actividade marítima. #Turismo #Curiosidades