A segurança rodoviária é sempre um tema delicado que nos faz pensar sobre os erros cometidos enquanto conduzimos. Uma campanha de sensibilização que alerta para os perigos de conduzir com o telemóvel está a emocionar as pessoas que a veem. Trata-se de um anúncio da Happiness Brussels, uma agência publicitária da Bélgica. O vídeo mostra uma viagem de carro que acaba de uma maneira trágica...

Intitulado “Forever Young”, o vídeo foi produzido para a organização OVK/Parents of Road Victim ou, em Português, “Pais de vítimas da estrada”, com o intuito de alertar para os perigos da utilização do telemóvel enquanto se conduz. Apesar de não recorrer a imagens chocantes nem frases violentas, o vídeo consegue passar uma imagem importante: a utilização do telemóvel na condução, seja no envio de mensagens ou chamadas, capta a atenção do condutor e interfere no desempenho da condução, podendo ter consequências graves para toda a vida!

Produzido pela agência Caviar, e com a realização de Tom Willems, o anúncio mostra uma mãe a colocar o filho no banco de trás do carro, com o cinto de segurança, antes de iniciar uma viagem.

Publicidade
Publicidade

Está seguro. Ao som de “Forever Young”, dos Alphaville, ambos trocam alguns olhares carinhosos e sorrisos enquanto a viagem decorre. Pouco tempo depois, a mulher recebe uma chamada e decide atender. Tira os olhos da estrada apenas por segundos, mas as consequências são trágicas...

O vídeo tem cerca de 01:30 minutos e está a circular na internet. Veja aqui:

De acordo com a revista Visão, um inquérito realizado pela Deco a 1053 portugueses revelou que o excesso de velocidade e o uso de telemóvel são as principais transgressões que se cometem na estrada. Executar tarefas enquanto se conduz aumenta em 83% o risco de acidente. No entanto, segundo os dados avançados, 29% das pessoas falam ao telemóvel sem utilizar o kit mãos-livres e quase 13% afirmam que têm o hábito de enviar mensagens escritas, sendo que a maioria são jovens entre os 18 e 24 anos.

Publicidade

Também na Bélgica, 37% dos condutores revelam que têm o hábito de ler ou enviar e-mails ou enviar mensagens enquanto conduzem. Esta prática tem consequências trágicas: todos os anos cerca de 150 são vítimas de acidentes rodoviários. #Causas